Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Felipe Andreoli diz que Tiago Leifert foi influenciado pelo 'CQC'

Felipe Andreoli acredita que o apresentador Tiago Leifert tenha sido influenciado pelas matérias de esporte do 'CQC' na época em que assumiu mudanças na linguagem do 'Globo Esporte'

Redação Publicado em 04/12/2012, às 05h02 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Felipe Andreoli e Tiago Leifert - AgNews
Felipe Andreoli e Tiago Leifert - AgNews

Tiago Lifert(32)está fazendo sucesso no comando do The Voice Brasil, mas foi no jornalismo esportivo que ele chamou atenção ao inovar com improviso a linguagem engessada pelo padrão Globo de qualidade. Até então, o uso do telepromter (TP) era obrigatório no diário Globo Esporte.

Na mesma linha do apresentador que migrou para a área do entretenimento, Felipe Andreoli (32) aposta na espontaneidade que o marcou no início do CQC para fazer do seu Deu Olé um programa de esporte nada parecido com o convencional. Questionado pela CARAS Online se foi influenciado por Leifert para, de alguma forma, tentar uma chance de emplacar a sua atração na grade de programação da Band, Andreolli falou: "Eu acho que ao contrário. Acho que o Tiago foi muito influenciado pelo o que ele viu no CQC no esporte".

"Quando o CQC estreou em 2008, o formato do Globo Esporte ainda não era aquele. Já fazia o esporte de uma maneira descontraída antes do Globo Esporte entrar no ar", explicou o jornalista, que era o repórter de esporte do CQC na época.

Andreoli ainda compara as primeiras reportagens do Globo Esporte, depois da estreia do CQC, com as inserções gráficas usadas no humorístico importado da Argentina. Para ele, a influência é clara. No entanto, isso não é incômodo. "Acho que na TV tudo você pega como exemplo e transforma", observou.

Ele também reconhece o que foi feito pelo colega de profissão na emissora carioca. "O Tiago tem todo o mérito por ter quebrado isso na Globo, que é uma coisa muito difícil. Ele é um cara muito legal, quem sabe um dia iremos trabalhar juntos. Somos dois caras que gostam de esporte e falam disso de uma maneira descontraída", afirmou.

Já imaginou os dois na frente da telinha? Quem sabe formariam uma boa dupla, né?