Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Alexandra, Marcelo e Mel defendem causa nobre

Famosos defendem nobre causa infantojuvenil

Redação Publicado em 25/10/2011, às 17h55 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Alexandra Richter, abraçada a Enzo Marcio Florenzano, Marcelo Valle e Mel Lisboa apresentam jantar italiano do Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer. - Cassiano de Souza
Alexandra Richter, abraçada a Enzo Marcio Florenzano, Marcelo Valle e Mel Lisboa apresentam jantar italiano do Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer. - Cassiano de Souza

Solidariedade e engajamento. Foi com esse espírito que os atores Mel Lisboa (29), Marcelo Valle (44) e Alexandra Richter (44) brilharam como mestres de cerimônias do 9º Jantar Italiano do Graacc, Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer, em SP. “É um projeto lindo, um trabalho sério e competente que ajuda muitas crianças e é extremamente importante. Estou honrada por estar aqui”, assinala Mel, em cartaz com a peça Cine Camaleão – A Boca do Lixo. Também nos palcos paulistanos, com A História de Nós 2, Alexandra e Marcelo se emocionaram ao falar da visita ao hospital da entidade. “Vale a pena doar nossa presença, amor e carinho às crianças. Ver o brilho no olhar das mães me tocou”, diz ela, abraçada a Enzo Marcio Florenzano (8), atendido pelo Graacc. “O coração aperta quando se fala de câncer, mas fiquei muito feliz com a qualidade do trabalho que eles desenvolvem. O hospital é incrível”, avalia Marcelo.

Realizado com o intuito de levantar recursos para o tratamento do câncer infantojuvenil e para obras de ampliação do hospital da entidade, o evento contou com pocket show de Daniel Boaventura (41), com direito a canções em italiano. “Conheci o hospital há um mês e meio e fiquei impressionado. É emocionante ver que há pessoas que se entregam de corpo e alma”, ressalta o ator e cantor, recebido pelo fundador e superintendente médico da instituição, Sérgio Petrilli (64). “Em 2011, comemoramos 20 anos da fundação do Graacc, um modelo que deu certo. Conseguimos oferecer as melhores chances de cura a crianças e adolescentes. Por isso, decidimos ampliar o hospital. Hoje temos 4200m2; queremos aumentar mais 4100m2 para 2012 e chegar a 30 000m2 em 2015. Além disso, pretendemos adquirir um grande aparelho de radioterapia”, anuncia Petrilli.