Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Marina Ruy Barbosa e Klebber Toledo falam sobre romance em Park City

Junto há quase três anos, o casal de atores é cúmplice em todos os momentos

CARAS Publicado em 21/02/2014, às 11h21 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Marina Ruy Barbosa e Klebber Toledo - Cadu Pilotto
Marina Ruy Barbosa e Klebber Toledo - Cadu Pilotto

A menina doce e fashion de cabelos ruivos e personalidade marcante ama o jovem loiro de traços angelicais. Parece história de novela, de mocinha e mocinho, mas é a realidade. E quem a escreve é Marina Ruy Barbosa (18) e Klebber Toledo (27). Junto há quase três anos — eles se conheceram nas gravações de Morde & Assopra, de 2011 —, o casal de atores é cúmplice em todos os momentos, como na viagem a Park City, templo do mais célebre festival de cinema independente do mundo, o Sundance, onde aprenderam a esquiar e curtiram o clima de romance que as temperaturas negativas do lugar e a neve oferecem. “Eu era Alice e Klebber, o Guilherme, meu par romântico. Ficamos muito amigos e as coisas aconteceram naturalmente”, conta a beldade. Enquanto Klebber está de férias da TV desde Lado a Lado, de 2013, Marina, dona de legião de fãs graças ao gosto por moda e às madeixas flamejantes, está de folga desde janeiro, com o fim de Amor à Vida.

– Vocês vivem colados?

Marina – Estamos juntos sempre que possível, pois o nosso dia a dia é corrido. Gostamos de fazer coisas normais, sair com amigos ou família, cinema, teatro. Somos parceiros em tudo. Sempre peço opinião para ele, ‘batemos’ texto junto...

Klebber – Conversamos sobre tudo e estamos sempre ajudando um ao outro no que for preciso.

– O que mais vocês admiram um no outro?

Klebber – Ela sempre me surpreende... É muito madura, inteligente, humilde e batalhadora.

Marina – Ele é uma das melhores pessoas que conheci, de um coração enorme e que pensa muito no próximo.

– Vocês dois têm sonhos de casar? De branco, na igreja?

Marina – Sempre rola essa pergunta. (risos) Por enquanto, estamos bem só namorando. Se penso em casar na igreja? Sim!

Klebber – Quero me casar, sim! Tudo no seu tempo, mas eu não vou estar de branco! (risos)

– E morar juntos?

Marina – Por enquanto, não... Acho que só saio de casa para casar, não é amor? (risos)

Klebber – Como eu disse, tudo tem seu tempo.

– É verdade que Klebber é do tipo que manda flores todo dia?

Marina – Todo dia, não. Toda semana! (risos) Ele gosta de me fazer surpresas! E eu adoro.

Klebber – Claro que não é todo dia. Gosto de fazer surpresa às vezes, fazer ela se sentir especial.

– Fizeram muitas fotos aqui?

Marina – Ele é o meu ‘fotógrafo oficial’, sabe como gosto das fotos, da luz, ângulo. Sempre peço para ele fazer uns cliques. (risos)

Klebber – E Marina é a minha modelo preferida!

– Como foi esquiar?

Marina – Caí muito! Mas ele virou quase um profissional!

Klebber – Caí, sim, mas aprendi rápido e me apaixonei pelo esporte. Quero voltar a este lugar.

– E sobre Park City?

Marina – A cidade tem ótimos restaurantes e hotéis, é muito romântica e tem uma beleza única, muito diferente da que vemos no Brasil. Ainda mais com tudo coberto por neve. Um charme.

– Gosta de ser fashionista?

Marina – Gosto de moda, mas é algo natural, espontâneo.

– Como é a relação com a família da Marina?

Klebber – Adoro o Paulo e a Gil. Minha família mora em SP. Então, eles são a minha família no Rio. Somos grandes amigos.