Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Reflexão de Bianca Rinaldi sobre os projetos pessoais

Mãe de gêmeas, ela exalta o relacionamento de 15 anos e avalia adotar um menino no futuro

CARAS Publicado em 26/07/2016, às 08h26

Bianca Rinaldi - RICARDO CUNHA
Bianca Rinaldi - RICARDO CUNHA

Vaidosa assumida, mas não ao extremo, Bianca Rinaldi (41) preza pela elegância na hora de escolher roupas e acessórios. A atriz deixou isso claro ao estrelar campanha de uma grife de calçados e bolsas no Museu de Arte Moderna, Rio. “Gosto de estar bem vestida. Qual mulher não gosta? Seja jeans, macacão ou saia, opto por peças confortáveis, que me deem mobilidade. Acho que você pode estar elegante e bem vestida com qualquer roupa. Adoro também um moletonzinho”, explicou. Longe das novelas desde Em Família, de 2014, na Globo, ela vem investindo em outros trabalhos. Ano passado atuou na peça A Toca do Coelho e participou da segunda temporada da série Os Homens São de Marte e É Pra Lá Que eu Vou, do GNT.

No seu tempo livre, Bianca vem aproveitando para participar mais da rotina das filhas gêmeas, Beatriz e Sofia (7). “Sempre que engreno uma personagem, busco dar o melhor em cena. Então, por conta do trabalho, acabo um pouco ausente em casa. Por isso estou curtindo bastante as meninas agora. Me realizei muito sendo mãe, é algo que sempre sonhei na vida”, revelou Bianca, que não descarta aumentar a família, apesar da questão não estar presente em seu dia a dia. “Já pensei nisso várias vezes, mas nada que me faça movimentar para iniciar este processo de novo. Gostaria de ter um menino, mas não é prioridade. Estou feliz só com as duas. Então, para frente, se essa vontade se tornar mais latente, mesmo que não possa engravidar, a adoção é sempre bem-vinda”, acrescentou a atriz, casada há 15 anos com o empresário Eduardo Menga (64). “Estamos debutando. A base que nos sustenta é o amor e o respeito. É preciso ter entrega e saber ceder. Nada dura se não tiver isso”, assegurou. Exemplo de boa forma, ela conta que mantém seu físico com muay thai e exercícios funcionais, dormindo oito horas por noite e tendo uma alimentação saudável. “Gosto de me manter assim não só pela profissão, mas também por uma questão pessoal. Estou feliz com o que vejo no espelho”, concluiu.