Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Novidade!

Nelson Freitas conta sobre novos projetos e a vida na Austrália com a família

Na Austrália com a família, ator Nelson Freitas revela que está investindo na carreira internacional e estudando inglês

CARAS Digital Publicado em 22/06/2022, às 12h10

Na Austrália, ator Nelson Freitas conta sobre novos projetos - Divulgação/Ricardo Fasanello
Na Austrália, ator Nelson Freitas conta sobre novos projetos - Divulgação/Ricardo Fasanello

Ao longo de seus mais de 30 anos de carreira, Nelson Freitas (59) percorreu por diferentes gêneros da dramaturgia, mas em 2022 decidiu trilhar novos caminhos após a saída da TV Globo. Em entrevista exclusiva para a CARAS Digital, o humorista falou sobre a nova vida na Austrália depois de 17 anos fazendo humor na emissora, os futuros projetos e as mudanças que vieram com a pandemia.

Entre os seus trabalhos gravados recentemente, está o filme Eike - Tudo ou Nada, em que o artista viveu Eike Batista, o empresário que já foi o homem mais rico do Brasil, com previsão de lançamento ainda para esse ano.

Com a vida dedicada ao humor, Nelson confessou que interpretar o empresário no cinema foi um desafio: “Um desafio enorme, pois se trata de uma pessoa contemporânea. O Eike é uma personalidade riquíssima, sobretudo, pelas escolhas corajosas que ele sempre optou. O filme vai retratar aquele momento político econômico do Brasil com a descoberta do pré-sal. Todo mundo vai querer saber como um homem tão rico e poderoso veio a ter um fim tão surpreendente e triste”.

Ele também contou como surgiu a ideia do podcast Embaralha e dá de novo, ao lado de André Dessandes e a Fernanda Loureiro. “Questionamos as coisas maravilhosas e outras nem tanto que a humanidade produziu através dos tempos e tentamos trazer um pouco de luz para tantas transformações pelas quais estamos passando”.

"Em breve, terá show, série, livro e tudo que tem direito para formarmos uma comunidade e discutir comportamento, arte, ciência e cultura pop, meio ambiente, sustentabilidade e outros nichos", completou.

Mudança para a Austrália

Na Austrália, Nelson Freitas disse que o maior motivo da mudança foi a família, mas que está aproveitando para estudar inglês. A enteada do ator, Gabriela (30), que considera como filha, e seu neto, Felipe, moram no país.

“Minha motivação maior foi poder estar perto da minha filha Gabriela e do meu neto Felipe, que já está com 17 anos, e a pandemia atrapalhou nossos planos, pois eles já estão morando aqui há 15 anos e a gente vem sempre para cá passar uns meses. Dessa vez, decidimos ficar mais tempo com eles”, contou ele, que está investindo na carreira internacional.

“No momento, estou na Austrália por 6 meses. É um ano meio ano sabático, que tem um objetivo: me aprimorar na língua inglesa e estar preparado para esse novo mundo do streaming, com tantas produções acontecendo, e o intercâmbio intenso de atores diretores e produtores, ou seja, o mundo está cada vez menor e a gente pensando cada vez maior”, acrescentou o famoso.

Nelson e a esposa, Maria Cristina, já haviam comprado um apartamento há 10 anos, que estava alugado. Então, mobiliaram o local e decoraram. “É uma delícia acordar todos os dias com uma vista linda para o Brisbane River, ir para escola juntos e aprender, conhecer novos lugares, pessoas... É um sonho o que a gente está vivendo”, afirmou.

Novos planos e pandemia

Nelson tem vários trabalhos concluídos e prontos para serem lançados. Além de Eike Tudo ou Nada, o artista gravou Saraliaeleia, Tração, uma aventura sobre duas rodas e Sistema Bruto. Ele também participou da série El Presidente, da Amazon, que foi gravada no Uruguai e dirigida por Armando Bó, diretor argentino que ganhou Oscar de melhor filme em 2015 por Birdman. E ainda tem seu próprio canal no YouTube e o podcast.

Ao ser questionado sobre os planos e projetos, ele brincou: “O plano é viver a vida, num país tropical, também abençoado por Deus, e bonito por natureza”.

Longe das telinhas, Freitas destacou que sua ida à Austrália desencadeou muitas coisas boas em sua vida: "A comunidade brasileira aqui é imensa, e logo as pessoas ficaram sabendo e começaram a me procurar com algumas oportunidades incríveis".

"Vamos ter em setembro a Brazil Week, onde vai haver painéis diários sobre economia, sustentabilidade, esportes (sobretudo o Brazilian Jiu-jitsu, que é venerado por aqui e tem dezenas de academias por toda a Austrália). Vamos ter espaço para a moda, música, artes e cinema, onde terá uma movie night, com a apresentação de um filme brasileiro com direito a um debate sobre as possibilidades de intercâmbio de produções audiovisuais entre os dois países e eu vou ser o mestre de cerimônia!", celebrou o ator.

Na Austrália, o comediante conheceu um clube onde brasileiros e australianos tocam clássicos nossos no repertório. "Acabou que vou gravar com eles algumas canções para um documentário que
está sendo feito pela embaixada brasileira a respeito desses grupos que estão espalhados não só pela Austrália, como no mundo inteiro... É surpreendente ver como nossa música tem uma influência gigante por todo o planeta. Precisamos só de mais incentivos para mostrar mais e melhor do nosso imenso potencial”, apontou.

Freitas ressaltou que a pandemia de covid-19 foi uma loucura no mundo inteiro, e acabou provocando muitas mudanças em sua rotina, não só no trabalho, mas com a família. “No início, eu fiquei meio atônito, sem saber o que fazer, quieto dentro de casa, ouvindo o silêncio da rua e me perguntando o que estava acontecendo. Tive trabalhos que já estavam programados, que precisaram ser cancelados. A solução foi partir para o digital e tentar manter a cabeça e o moral em pé”.

“Fiz lives semanalmente no meu Instagram, onde convidava os seguidores para dividir, não só a tela comigo, mas histórias, músicas e poesia. Foi muito gratificante! Nesse período, fomos colocados à prova, se seríamos capazes de suportar o estrago planetário, e também o confinamento, mas sobretudo a convivência com quem se estava confinado”.

Nelson ainda afirmou que pôde conhecer melhor a si mesmo durante o período de isolamento e mudou alguns hábitos, junto de sua esposa. “Eu e minha companheira a Cris conseguimos ter um olhar mais consciente e profundo sobre nós mesmos, nos imbuímos da missão e tivemos um tempo produtivo em muitos aspectos. Passávamos os dias trabalhando cada um na sua labuta, e ao final de cada dia, nos encontrávamos para fazer yoga, meditação e experimentávamos receitas incríveis e nos deliciávamos com conversas e planos. Um deles já está em curso, que foi o de vir para cá viver esse sonho. De vez em quando, a gente fala: 'Me belisca? não estou acreditando!'”, disse ele.

Confira alguns registros de Nelson Freitas com a família na Austrália: