tv

Mamães famosas apoiam Sandra Bullock ao defender o desuso da expressão "filho adotivo"

Giovanna Ewbank, Regina Casé e Gloria Maria se manifestaram em apoio à atriz norte-americana

CARAS Digital Publicado terça 8 maio, 2018

Giovanna Ewbank, Regina Casé e Gloria Maria se manifestaram em apoio à atriz norte-americana
Giovanna Ewbank, Glória Maria e Regina Casé - Instagram / Reprodução

Sandra Bullock declarou recentemente para a revista In Style que as pessoas precisam parar de usar o termo "filhos adotivos".

"Não fale comigo sobre o que eu posso ou não posso fazer com o meu corpo até que você cuide de todas as crianças que não têm uma casa ou é negligenciada ou abusada. Isso me deixa com os olhos marejados. Vamos apenas nos referir a essas crianças como 'nossos filhos'. Não diga 'meu filho adotivo'. Ninguém chama o filho de 'filho de fertilização'" , disse a atriz. 

Uma das protagonista do filme Oito Mulheres e Um Segredo, tem duas crianças com seu namorado, Bryan Randall: Louis, 8, que foi adotado em 2010, e Laila, 6, adotada em 2015. 

Em defesa da artista, as mamães brasileiras sairam em defesa da posição de Sandra. 

"Ninguém fala seu filho com doação de óvulo, filha dela com um banco de esperma, filho do golpe da barriga, filho sem querer, sua filha por barriga de aluguel.Se os filhos chegam de tantas maneiras, tantos lugares, porque só mencionam 'filhos adotivos'!?!? Pior é quando separam meus filhos! Benedita, filha 'biológica', Roque, filho 'adotivo'. Os dois são meus filhos e pronto! Tudo igual! Amor igual! Isso mesmo Sandra Bullock!", escreveu Regina Casé em seu Instagram.

Giovanna Ewbank também compartilhou a fala da atriz e escreveu na legenda:"É isso! Obrigada, de nada!".

"Adorei e concordo totalmente com ela!", disse Gloria Maria, mamãe de duas meninas, Maria e Laura

___________________________________________________

Morre aos 81 anos Alda Meneghel, mãe de Xuxa​

Último acesso: 27 Sep 2020 - 20:40:13 (301476).

TV CARAS