Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Luana Piovani sobre Carolina Dieckmann: 'Não quero mais brincar de ser amiga dela'

Em entrevista, Luana Piovani quebrou o silêncio e falou do desentendimento que teve com a global

CARAS Digital Publicado em 08/11/2015, às 09h06 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Luana Piovani e Carolina Dieckmann - Reprodução Instagram/ TV Globo
Luana Piovani e Carolina Dieckmann - Reprodução Instagram/ TV Globo

Em entrevista ao autor de novelas Aguinaldo Silva, Luana Piovani abriu o jogo sobre os problemas pessoais que a levaram a se afastar de Carolina Dieckmann, então sua amiga.

+ Gripada, Luana Piovani é internada e recorre ao gás ozônio: 'Acho bom eu ficar boa logo'

Questionada pelo autor se faria uma novela em que fosse vilã e Carolina Dieckmann a mocinha, ela respondeu que sim.

Com certeza eu aceitaria. Porque ela é uma excelente atriz e eu não durmo com ela, não sou casada com ela, depois do estúdio não vou pra casa com ela, e a gente se encontra, se esbarra, e se cumprimenta, bom dia, boa tarde e boa noite. Acontece que ocorreu uma coisa na nossa história. Tivemos uma amizade, e um dia ela teve uma postura que eu achei absolutamente absurda. Então, eu tirei do meu caderno, e com essa história de Twitter e da minha falta de maturidade eu fui falando umas besteiras e fiz uma piada meio maldosa em relação a ela e daí neguinho ficou botando pilha e isso virou um 'case'. Mas eu não tenho problema nenhum com ela. Ela é atriz, eu também sou, eu a respeito, ela também me respeita, e tá tudo ótimo. Eu só não quero mais brincar de ser amiga dela como um dia eu quis. Simples assim”, disse.

Em julho, Carolina Dieckmann usou as redes sociais para despistar a rixa entre as duas. "Mais uma vez esse tititi que me deixa triste, que não alimenta nada de produtivo, nem sentimentos bons. É só uma fofoca maldosa, é lixo! Eu nada tenho contra ela, apenas temos opiniões diferentes, e é lamentável que em pleno 2015 isso sirva de motivo para ofensas via internet. Mais uma vez a diferença gerando intolerância e violência. Eu não quero fazer parte disso e queria pedir aos meus seguidores que respeitem a Luana e a sua história, a sua família, ou pelo menos sua barriga linda e lotada de bençãos. Que não usem o meu nome para desejar a ela nada além de sorte, saúde e amor. É o que eu desejo!", escreveu.