Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

"Acredito muito no amor", diz o galã Klebber Toledo

O êxito na TV e carnaval com Monica Iozzi

CARAS Publicado em 18/02/2016, às 08h24

Na Ilha de CARAS, o charme do ator que vive o Romeu de Êta Mundo Bom!. - CÉSAR ALVES E DIVULGAÇÃO/CAMAROTE BOA
Na Ilha de CARAS, o charme do ator que vive o Romeu de Êta Mundo Bom!. - CÉSAR ALVES E DIVULGAÇÃO/CAMAROTE BOA

De fala mansa e intenso brilho no olhar, Klebber Toledo (29), um dos galãs mais requisitados do momento na TV, mantém ainda muito da pureza do menino criado em Bom Jesus dos Perdões, cidade de 13 mil habitantes no interior de SP. Por isso, está acostumado a rótulos como “bom moço” e “príncipe”. “Faço questão mesmo de abrir a porta do carro, deixar passar na fila do restaurante”, contou, na Ilha de CARAS.

Muitos desses ensinamentos, diz, foram repassados pela mãe, Maria Aparecida. “Ela é amorosa, religiosa, você nunca vai vê-la reclamando de nada”, justificou. No ar como Romeu, em Êta Mundo Bom!, Klebber só vê a carreira ascender. Desde a estreia em Malhação, em 2007, engrena papéis como o Guilherme, de Morde & Assopra, 2011, e o Leo, de Império, 2014.“Acredito que venho em um processo evolutivo interessante, não só dentro do trabalho, mas da vida, de entendimento”, concluiu.

Solteiro desde o fim da relação de três anos com a atriz Marina Ruy Barbosa (20), em 2014, e sempre discreto em relação à vida afetiva, nesse carnaval foi visto ao beijos com a atriz e apresentadora Monica Iozzi (34). “Ela é linda, maravilhosa, talentosa. Fará falta no Vídeo Show”, limitou- se a dizer sobre o encontro de ambos.

É fácil conquistar você?
Muito! Sou menino do interior... Mas quem entrar na minha vida tem de ser para somar. Acredito muito no amor e espero que cada pessoa tenha a chance de encontrar o seu.

Como vê o passar dos anos?
A gente está aqui para viver, aprender, evoluir. Vou ter prazer de fazer 30 com a cabeça que estou hoje, as conquistas. Desde minha estreia, o que mais muda é o entendimento pelo meio, o amor e respeito pela profissão, pelos colegas. Quero tocar as pessoas, através da minha arte.

E projetos?
Vou produzir e fazer a assistência de direção da peça Isaurinha Garcia, ainda este ano. A direçao é de Fred Mayrink e tem Rosamaria Murtinho no elenco.