Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Polêmica

José de Abreu detona e tira sarro de indicação de Regina Duarte à Secretaria da Cultura

José de Abreu não concorda e detona indicação de Regina Duarte a cargo político

CARAS Digital Publicado em 20/01/2020, às 17h36 - Atualizado às 17h37

José de Abreu tira sarro de indicação de Regina Duarte - Reprodução/Instagram/Leo Franco/Agnews
José de Abreu tira sarro de indicação de Regina Duarte - Reprodução/Instagram/Leo Franco/Agnews

Regina Duarte foi convidada pelo presidente Jair Bolsonaro a assumir a Secretaria da Cultura, mas ainda não se sabe se ela aceitará ou não o cargo.

Quem não gostou nada da indicação foi José de Abreu. Opositor declarado do governo Bolsonaro, o ator de 73 anos usou sua rede social para ironizar o convite.

O global compartilhou um trecho de uma entrevista de Regina ao jornal O Estado de São Paulo antes do segundo turno das eleições de 2018, em que ela tece elogios ao até então candidato.

"Quando conheci Bolsonaro, encontrei um cara doce, um homem dos anos 50, que faz brincadeiras homofóbicas, mas da boca pra fora, um jeito masculino que vem desde Lobato, que chamava o brasileiro de preguiçoso e dizia que lugar de negro é na cozinha. Sem nenhuma maldade", diz.

Na legenda da publicação, ele escreveu: "A mulher ideal para participar do governo nazista-homofóbico-miliciano", além de acrescentar a hashtag "Aceita Regina".

Ele ainda publicou outra frase dita pela veterana, mas agora durante uma entrevista ao UOL. "Nunca é demais lembrar o tanto de respeito que este governo tem pelo seu povo", falou na ocasião.

"Seu povo, o povo dele, não o povo brasileiro: ministros analfabetos, milicianos, corruptos, nazistas, militares e policiais assassinos, torturadores, pedófilos. Realmente, ela está preparada para o cargo", disparou José na legenda.

Depois, Abreu compartilhou uma foto de Regina ao lado de Bolsonaro e tirou sarro mais uma vez: "Breaking Faking News: Regina Duarte exige a recriação do Ministério da Cultura para participar do governo. 'Sempre fui a protagonista, não será agora que vou ser a secretária. Quase não tem fala!'", e ainda acrescentou: "Na verdade o salário de Ministro é 36 mil e de Secretário 15 mil".

Receba notícias da CARAS Brasil no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!