TV Arrependimento

Ganhadora do BBB é vítima de golpe e perde todo o dinheiro do reality: ''A verdade é essa''

A campeã da quarta edição do programa, Cida, contou como tudo aconteceu

quarta 17 outubro, 2018
Tiago Leiffert
Tiago Leiffert Reprodução/ TV Globo

A primeira vencedora mulher do Big Brother Brasil foi Cida, na quarta edição do reality show da TV Globo exibida em 2004.

Logo após o fim da atração, a sister se afastou das câmeras e optou por curtir os R$ 500 mil longe da mídia, mas uma declaração da ex-BBB no Domingo Show, exibido na Record TV, deixou muitas pessoas de boca aberta!

Mais Notícias

A verdade é que Cida não pôde aproveitar muito da fortuna. Ela foi vítima de um golpe da própria assessora. "Eu nem gosto de falar muito, eu conheci uma pessoa que se dizia assessora e essa pessoa me pediu pra eu ser fiadora de uma casa, alugar para ela", revelou.

"Eu fui fiadora dessa pessoa e, resumindo, ela não pagou o aluguel da casa em que ela estava, me colocaram na justiça. Fizemos um acordo e eu gastei um dinheirão na reforma da casa. E o acordo que fizemos era ela tirar meu nome no processo. Eu gastei o dinheiro que eu tinha todo e ela não tirou. Ela agiu de má fé comigo", desabafou, aos prantos, e completou: "Hoje em dia as pessoas só pensam em bens materiais, em dinheiro, mas tem gente que se aproveita muito dos outros. Eu perdi a casa, foi à leilão. A verdade é essa".

Na edição da ex-participante, o apresentador ainda era Pedro Bial e, desde então, o prêmio já triplicou. A última edição, o BBB18, teve Gleici Damasceno como ganhadora e a acreana levou o prêmio de R$ 1,5 milhão.

QUEM TAMBÉM PERDEU TUDO?

Outra ex-BBB foi convidada também, recentemente, para uma conversa sincera durante um programa de televisão e, mais uma vez, o termo "perdi tudo" veio à tona com uma ex-participante.

Foi Emilly Araújo! Mas, diferente de Cida, a ganhadora do BBB17 contou que suas maiores tristezas aconteceram antes de ela entrar no reality show. 

Ao falar sobre a mãe, que morreu pouco tempo antes de sua entrada no Big Brother Brasil 17, a ex-BBB confessou que as coisas não estavam fáceis naquela época. "Eu perdi a razão da minha vida dez dias antes de entrar, meu pai perdeu o emprego, tipo... eu perdi tudo!", contou.

Apesar dos acontecimentos tristes, Emilly revelou que não perdeu a esperança de melhorar a vida de sua família e que se empenhou na busca de um emprego. "Cinco dias depois de perder minha mãe, eu fui procurar emprego, mas eu era uma pessoa sem estudo, não tinha nada! Ia pegar emprego em um supermercado que pagava superpouco, mas já ia ajudar", disse.

Emocionada, a digital influencer desabafou e disse acreditar que entrou no programa com o auxílio vindo direto do céu. "Apareceu essa oportunidade e tenho certeza de que foi coisa dela [mãe], que me ajudou lá de cima com Deus. Ela tem influência de tudo de bom que acontece na minha vida", falou.

por CARAS Digital
Atualizado quinta 18 outubro, 2018 (308065) | 19/11/2018 09:46:09

Mais conteúdo sobre:

CARAS Recomenda

  1. CARAS bate recorde de visitantes em Outubro
  2. Bruna Marquezine se espanta com atitude inusitada da irmã
  3. Hiking no Alaska: o frescor das geleiras no estado americano
  4. Patricia Abravanel comemora gravidez ao lado dos dois filhos

Receba em Casa

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Nico Puig, galã dos anos 90, oficializa união com produtor
  2. 2 Mulher de Safadão, Thyane Dantas lamenta ataques na web
  3. 3 Sandy e Iza lançam música sobre empoderamento feminino
  4. 4 Arthur Aguiar comemora um mês da filha, Sophia: ''Única''
  5. 5 Kelly Key exibe corpão chocante de fio dental em Angola
  6. 6 Após polêmica, Silvio Santos alfineta Mara Maravilha
  7. 7 Graciele Lacerda exibe corpão em microvestido no espelho
  8. 8 Andressa Suita aposta em look chiquérrimo nada discreto
  9. 9 Susana Vieira emociona e fala sobre leucemia
  10. 10 Três participantes deixam o 'Dança dos Famosos'