Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
TV / A Fazenda

Em clima de Jogos Olímpicos, peões fazem nado sincronizado em prova misteriosa na sede

Quartetos azul e vermelho caem na piscina da sede para apresentar uma coreografia de nado sincronizado e, após empate, o fazendeiro Léo Áquila decreta a sua equipe como vencedora

Redação Publicado em 01/08/2012, às 17h58 - Atualizado às 18h19

Robertha Portella, Felipe Folgosi, Léo Áquilla, Nicole Bahls e os peões na prova do nado sincronizado - Edu Moraes e Reprodução / Record
Robertha Portella, Felipe Folgosi, Léo Áquilla, Nicole Bahls e os peões na prova do nado sincronizado - Edu Moraes e Reprodução / Record

A tarde desta quarta-feira, 1º, foi animadíssima para os participantes de A Fazenda. Um dia após Vavá (38) e Felipe Folgosi (38) dividirem os peões em dois grupos para uma prova misteriosa, todos foram informados do que se tratava: em clima de Jogos Olímpicos, os dois grupos teriam que fazer nado sincronizado.

A equipe azul, formada por Léo Áquilla (41), Robertha Portella (26), Nicole Bahls (26) e Felipe começaram a ensaiar às 14h30, seguidos da equipe vermelha, composta por Penélope Nova (38), Viviane Araújo (37), Simone Sampaio (34) e Vavá.

A prova começou às 16h23, na piscina da sede, e o primeiro quarteto a se apresentar foi o vermelho. Enquanto Vavá e Simone começaram dentro da água, Viviane e Penélope só pularam na piscina quando a música começou. No meio da coreografia, duas peoas plantaram bananeira e o quarteto formou um catavento, unindo suas mãos no centro do círculo e girando. Já o que chamou a atenção no grupo azul foi a ótima forma de Robertha e Nicole, que usaram maiôs super cavados no bumbum.

Após as apresentações, os peões votaram na melhor equipe, mas houve um empate. Léo Áquilla, o fazendeiro desta semana, ficou responsável por escolher o quarteto vencedor e, após ouvir comentários dos participantes, anunciou: “A equipe azul é a vencedora”.

Terminada a prova misteriosa, os confinados partiram para um banho coletivo, três a três.