tv Desabafo!

Cynthia Senek revela que cena de aborto mexeu com seu psicológico: ''Chorei do início ao fim''

Atriz fez um desabafo após interpretar uma jovem que morreu após um aborto clandestino

CARAS Digital Publicado terça 18 junho, 2019

Atriz fez um desabafo após interpretar uma jovem que morreu após um aborto clandestino
Atriz desabafou sobre a cena que interpretou - Reprodução/Instagram

Cynthia Senek foi escolhida para interpretar Edilene na nova trama das 21h, da TV Globo, A Dona do Pedaço. Na trama, a jovem, de 21 anos era uma empregada doméstica, que viu sua vida profissional virar de cabeça para baixo ao descobrir que estava gestante. Obrigada por seu patrão a interromper a gravidez, a garota acabou recorrendo à uma clínica de aborto clandestino.

As experiências que vivenciou ao se entregar totalmente ao papel, fez com que a menina tivesse uma nova visão do quão grave é a situação em questão. A fim de desabafar um pouco com os internautas, a celebridade usou das redes sociais para contar um pouco de como foi ‘viver na pele’ algo tão assombroso.

“Nesse dia eu tava desfigurada. Por dentro e por fora. Chorei do início ao fim da gravação. Tremi antes, durante e depois de estar em cena. Não dormi direito na noite anterior. Quando cheguei para gravar, fiquei concentrando no que aquela menina de 21 anos estava passando naquele momento até abortar. Tinha um nó na minha garganta que me prendia a fala”, revelou ela.

A atriz global ainda decidiu deixar uma breve reflexão para os usuários da plataforma, afinal, trata-se de uma situação extremamente delicada. Por fim, a celebridade reforçou a ideia de que, infelizmente, poucas mulheres não possuem o privilégio de ter poder sobre suas escolhas, abrindo os olhos das que têm e como devem aproveitar disso.

“Imaginem uma menina de 21 anos tendo que escolher entre ter um filho em uma situação miserável, sem emprego, sozinha e vendo o seu pai que é a pessoa que mais ama na vida perder o seu emprego e toda sua vida também. Afinal os dois moram na casa dos patrões. Imagine ela, que quis ter um filho e depois de grávida ter que tirá-lo. Imagine essa dor. Se você é uma mulher livre, e tem oportunidade de fazer suas próprias escolhas, agradeça! Pois essa personagem fez eu entender que não são todas as mulheres que têm esse privilégio”, finalizou Cynthia.

Ainda em seu perfil, Senek fez outra postagem, onde conversava mais abertamente sobre o tema abordo. Após ter sua visão mudada sobre tudo, devido ao seu papel na trama de Walcyr Carrasco, ela revelou que passou a estudar o tema, o que a deixou ainda mais surpresa sobre a situação que algumas mulheres acabam sujeitas.

 

FLAVIA PAVANELLI VIRA TEMA DE REVOLTA DE ATRIZ

Último acesso: 03 Aug 2020 - 14:46:42 (322363).