Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

Bruno Gagliasso se emociona ao falar do racismo sofrido pela filha: 'Como eu começo a ver questões como essas só agora?'

No 'Fantástico', ator abriu o coração ao falar sobre o drama ao lado da esposa, Giovanna Ewbank

CARAS Digital Publicado em 04/12/2017, às 13h41 - Atualizado às 13h51

v - Reprodução
v - Reprodução

O ator Bruno Gagliasso falou sobre o racismo sofrido pela filha, Titi, em  entrevista ao Fantástico deste domingo, 3.

+ Famosos se revoltam com comentários racistas de socialite contra Titi Gagliasso

Visivelmente emocionado, o ator disse que tanto ele como a esposa, a também atriz Giovanna Ewbank, não estavam preparados para lidar com o momento. ''Eu não tinha ideia. É óbvio que a gente sempre soube, mas viver isso de perto e dentro de casa é muito forte. É agressivo, machuca e a gente só sente isso quando está dentro da nossa casa'', disse.

Ewbank também se emocionou com o relato. ''A gente estava despreparado para o que vinha e a gente se sente meio correndo contra o tempo para conseguir as ferramentas necessárias para criar a nossa filha negra em um país racista'', complementou.

Gagliasso relatou as duas vezes em que a filha foi vítima de comentários maldosos. ''A primeira delas foi uma menor de idade, a segunda foi um cara que está acostumado a fazer isso com várias pessoas e agora uma mulher que se filmou falando essas coisas da minha filha. Eu nunca de fato vou sentir na pele o que é o racismo, mas minha filha é negra, né?'', disse.

O ator também fez um mea culpa e disse que é o momento de todos se unirem para a defesa de quem é vítima de preoconceito. "Como eu, com 31 anos, começo a ver questões como essas só agora? Por que eu nunca ajudei? Por que eu não fiz alguma coisa antes? Por que eu deixei passar algumas coisas?'', disse.