tv polêmica

Bruna Marquezine adere a campanha ''#Elenão'', recebe críticas e toma atitude radical

A atriz fez questão de mostrar sua opnião

CARAS Digital Publicado terça 18 setembro, 2018

A atriz fez questão de mostrar sua opnião
Bruna Marquezine - Reprodução/ Instagram

Bruna Marquezine se juntou ao time de famosos e aderiu a campanha "Ele Não'', que se posiciona contra a candidatura de Jair Bolsonaro para a presidência do Brasil.

Em seu perfil do Instagram, fez uma publicação, na qual exibiu o texto feito por um de suas colegas de emissora, Maria Ribeiro, explicando todos os motivos que a fizeram entrar para este movimento."Pra não ficar uma frase solta que está sendo repetida por geral: apesar de respeitar as eleitoras do Bolsonaro, e depois de ouvir que muitas votam nele por uma defesa da família, queria dizer que: 1 – considerar ter uma filha mulher ‘menor’ do que ter um filho homem não é família; 2 – dizer que preferiria um filho morto a um filho homossexual não é família; 3 – considerar a gravidez um motivo para que as mulheres ganhem menos não é família, até porque muitos lares no Brasil são tocados sem a figura paterna.Família é amor incondicional, galera. E nem sempre isso tem a ver com sangue”, compartilhou.

Algum tempo depois do posicionamento de Bruna, alguns seguidores começaram a perturbá-la com mensagens desagradáveis em suas publicações.

Para encerrar a polêmica que se criou nas redes da global, ela acabou bloqueando a caixa de comentários de forma geral e agora apenas pessoas seguidas por ela podem opinar em seus posts.

 

Último acesso: 25 Nov 2020 - 08:52:50 (306951).

Leia também

TV CARAS