Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Ana Maria Braga fala de boa forma e diz que veste manequim 34

"Sutiã me dá dor de cabeça. Tenho um físico que me permite não usar tenho seios bem feitos, nem com a idade eles despencaram", conta Ana Maria Braga ao falar sobre seus segredos de beleza

CARAS Digital Publicado em 06/02/2015, às 11h31 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Ana Maria Braga - AgNews
Ana Maria Braga - AgNews

Em entrevista ao site oficial do programa Mais Você, no GShow, Ana Maria Braga contou que não gosta muito de usar sutiã.

"Quando tenho que esconder o seio, por conta da blusa mais fina, coloco um top, porque o sutiã me dá dor de cabeça, me aperta. Eu não gosto de nada me apertando. Tenho um físico que me permite não usar sutiã se estiver com uma blusa que não é branca, porque tenho seios bem feitos, nem com a idade eles despencaram", comentou.

A apresentadora, que recentemente divulgou em redes sociais fotos em que exibe sua boa forma física,  contou que usa manequim 34. "Ainda é o 34. Menos que isso é falta de respeito comigo mesma. Quando a gente relaxa nas férias, come até mais sistematicamente, em horários mais certos e acho que o descanso ajuda também. Mais importante do que fazer ginástica e se matar, para o meu físico, é cuidar da saúde e comer direito. Não é o que comer, mas o quanto comer. Não me privo de tomar meu vinho, de tomar meu sorvete", explica.

Ana Maria, no entanto, ressaltou que seu principal segredo é estar feliz consigo mesma. "Se a pessoa estiver infeliz, ruim por dentro, vai transmitir isso para ela mesma, o dia passa e os problemas parecem aumentar. Aí não se cuida, não faz a unha, o cabelo...  Trabalhando com a imagem nesses últimos 25 anos, já tive épocas em que estava fisicamente e emocionalmente doente. Essa fase é péssima, porque a pessoa acaba engordando, perdendo o viço... Se você me perguntar se estou com tudo o que quero para a minha vida, se estou emocionalmente 100%, eu digo que não. Tenho os meus problemas, mas se me deixar abater por eles, vou parar de viver esse dia que estou vivendo, que é a única chance que eu tenho", comentou.