Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Ana Hickmann posa com o clã antes do drama

Após sofrer atentado em MG, a apresentadora da TV Record narra o maior susto de sua vida

CARAS Publicado em 25/05/2016, às 00h12

Em SP, dias antes de ter sua vida ameaçada, Ana lança linha entre a irmã Fernanda, o marido, Alexandre, o filho, Alê Jr., Gustavo e Giovana - MANUELA SCARPA/BRAZIL NEWS
Em SP, dias antes de ter sua vida ameaçada, Ana lança linha entre a irmã Fernanda, o marido, Alexandre, o filho, Alê Jr., Gustavo e Giovana - MANUELA SCARPA/BRAZIL NEWS

Momentos de apreensão, medo e pânico. Momentos que reafirmam a efemeridade da vida e pelos quais Ana Hickmann (35) jamais pensou em passar. No último sábado, dia 21, a apresentadora do Hoje Em Dia, da Record, viveu longos minutos de terror ao ter o quarto do hotel em que estava hospedada, em Belo Horizonte, invadido por Rodrigo Augusto de Pádua (30). O fã, que nutria uma obsessão por Ana, estava armado com um revólver e a ameaçou de morte. “É difícil acreditar que tudo isso aconteceu, parece cena de filme de terror”, falou Ana, abalada. “Quando vi ele entrar com uma arma, a primeira coisa que passou pela cabeça foi que aquilo era um assalto. Mas ele veio para cima de mim e começou a me ofender e humilhar, dizendo que eu tinha acabado com a vida dele. Veio determinado para me matar. Ele deixou claro que, pelo fato de eu não ser dele, não seria de mais ninguém”, desabafou, chorando.

Na capital mineira para lançar a coleção My Secret Garden, sua primeira autoral – ela já havia feito o lançamento em SP, dias antes –, a estrela estava com o cunhado, Gustavo Côrrea (39), e sua Giovana Oliveira (39), que trabalham com Ana. Rodrigo, que deu entrada no hotel um dia antes, abordou Gustavo no corredor e o forçou a entrar no quarto onde estavam Ana e Giovana. Já o cabeleireiro Julio Figueiredo (37), que estava prestes a entrar na habitação, foi barrado por Rodrigo. “Ele iria acabar com minha família, não só comigo”, detalhou Ana. Após ameaças e insultos, o invasor disparou dois tiros e acertou Giovana. No mesmo instante, Gustavo o atacou e, para se defender, disparou contra ele, acertando dois tiros e o matando. “Acho que minha cunhada jogou o corpo em cima de mim e me protegeu. Fui salva pelo meu cunhado, pelas pessoas que estavam ao meu redor e por alguém que está lá em cima e que, mais uma vez, me protegeu, Papai do Céu”, afirmou Ana, entre lágrimas. “Não quero que digam que sou herói. Fiz o que tinha que fazer”, ponderou Gus - tavo, confiante na recuperação da mulher, que segue internada e com estado de saúde estável.

Assim que soube da notícia, o empresário Alexandre Côrrea (44) foi para Belo Horizonte buscar a amada, Ana, com quem tem Alexandre Jr. (2). “Meu irmão é o meu herói”, agradeceu. “Pela graça de Deus, meu marido e meu filho não foram comigo”, apontou Ana. O invasor usava as redes sociais para declarar-se à apresentadora, alternando mensagens de afeto com postagens obscenas. Ainda assustada, mas já em casa, Ana conseguiu se lembrar de Rodrigo. “Vi uma imagem e lembrei que era um cara que eu tinha bloqueado há alguns meses, pois estava falando coisas muito pesadas, mas foi só isso que fiz”, destacou ela, sem alimentar o sentimento da raiva. “Quando estava no avião, voltando para casa, por várias vezes, tentei sentir raiva dele por tudo que fez, mas me veio um sentimento de pena. O que faz uma pessoa chegar a ter tamanho desespero e maldade no coração? Onde estiver agora, que busque consolo e serenidade”.

O momento, agora, é de recuperação. Ao menos por uma semana, ela deve ficar longe da TV. “Não parei para pensar na volta à rotina, mas a primeira coisa que quero é ver a família de volta aqui em casa”, disse. “Vai passar, mas é uma página da minha vida que nunca vou conseguir apagar. Vão ficar cicatrizes, mas são para contar que tivemos uma segunda chance e não vou deixar de acreditar que as pessoas são boas”, finalizou Ana, pronta para escrever páginas plenas de alegria em sua história.