Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Ana Hickmann e sua família revivem drama

Reviravolta no caso do atentado revolta a musa da Record

CARAS Publicado em 14/07/2016, às 10h14

O casal Gustavo e Giovana,Ana e Fernanda no lançamento, em SP - MANUELA SCARPA/BRAZIL NEWS
O casal Gustavo e Giovana,Ana e Fernanda no lançamento, em SP - MANUELA SCARPA/BRAZIL NEWS

Indignação. Essa é a palavra que traduz o sentimento do clã de Ana Hickmann (35), após o cunhado, Gustavo Corrêa (39), irmão de seu marido, Alexandre Corrêa (44) e casado com a assessora de imprensa Giovana Oliveira (39), ser denunciado pelo Ministério Público de Minas Gerais por homicídio, após o atentado sofrido por ela, em maio. “É um caldeirão de sentimentos. É um medo que não passa, é indignação, pois não pedimos para acontecer e nunca dei motivos para isso. E também de revolta de pessoas de bem, que só quiseram defender a sua vida. Você tem de ser conivente com um psicopata? É muito injusto”, falou ela, que lançou, em São Paulo, nova linha de roupas de sua marca, ao lado deles e da irmã, Fernanda Hickmann (33).

No dia da tragédia, Rodrigo Augusto de Paiva, que faleceu aos 30 anos, rendeu os três em um hotel de BH, onde a apresentadora do Hoje em Dia, da Record, participaria de um evento. Giovana foi atingida por dois tiros e salva por Gustavo, que disparou contra o atirador. “Tenho uma bala alojada na perna até hoje e vou continuar com ela pelo resto da vida. Não foi uma brincadeira o que aconteceu. Meu marido não fez nada de errado, ele fez o que podia ter feito”, pontuou Giovana.

Apresentadora fotografa peça de roupa de sua marca