revista Realeza

Paz e vida longa ao rei Willem-Alexander

Com Máxima e suas filhas, monarca da Holanda festeja 53 anos e exalta esperança

Revista CARAS Publicado sexta 8 maio, 2020

Com Máxima e suas filhas, monarca da Holanda festeja 53 anos e exalta esperança
Willem posa ao lado de Ariane, Catharina Alexia e Máxima - Getty Images

Pai e marido exemplar, bem humorado, conectado às novas tecnologias e desafios da contemporaneidade e sempre disposto a ouvir. Estas são algumas das características de Willem-Alexander, o rei da Holanda, que acaba de completar 53 anos. Isolado com a família no palácio de Huis Ten Bosch, na cidade de Haia, o soberano celebrou a data de maneira intimista e entre as mulheres de sua vida: a eleita, a rainha Máxima (48), e as herdeiras, as princesas Catharina-Amalia (16), Alexia (14) e Ariane (13). “Esse dia é realmente único, pois espero que seja o único aniversário na história que precisemos ficar em casa. Entendo a frustação das pessoas por não terem liberdade nesse momento — aqui em casa, esse sentimento é o mesmo —, mas agora é o melhor que podemos fazer”, disse ele, em discurso televisionado para a nação.

Conhecido como Dia do Rei, o aniversário é uma das datas mais importantes do país sendo, inclusive, feriado nacional. Com roupas e acessórios laranjas — cor da Holanda —, as pessoas festejam pelas ruas do nascer ao pôr do sol, com direito a muita música e cerveja. “Uma grande equipe estava preparando a organização desse dia e sou muito grata a ela. Estava ansioso para ver ruas, canais e praças cheias de pessoas, mas as tristes notícias do vírus fizeram tudo parar. Isso não vai tirar a alegria e união do nosso povo”, falou o soberano.

Nas fotos oficiais, o anfitrião divide a cena com sua rainha e as filhas, todas com modelitos alegres e florais, em uma espécie de tributo à Primavera do hemisfério norte. Máxima, que é argentina, revelou que, quando se conheceram, na Espanha, ela não fazia ideia de que ele era herdeiro ao trono. “Ele se apresentou só como Alexander. Depois, quando disse era um príncipe, achei que era uma grande brincadeira!”, contou a nobre, famosa por sua popularidade entre os súditos. Coube à primogênita e primeira na linha de sucessão ao trono, Catharina-Amalia, fazer o registro informal da celebração com ajuda de um tablet.

A imagem pública nunca impediu Willem de ter uma rotina normal. A começar pelas formalidades. “As pessoas podem se dirigir a mim com o tratamento que se sentirem mais confortáveis”, afirmou ele, dispensando os protocolos reais. Outra prova é que, por 21 anos, ele foi co-piloto de voos domésticos. E sem nenhum passageiro saber! A revelação foi feita quando assumiu o trono, em 2013, mesmo ano em que precisou se “aposentar” do ofício secreto. “Fazia, em média, dois voos por mês. Voar é uma forma de relaxar”, falou ele, que faz questão de pilotar uma aeronave nas férias da família.

Último acesso: 31 May 2020 - 23:11:33 (351432).