Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Revista / PAIZÃO

Bruno de Luca realizou tratamento para ser pai: "Eu estava infértil"

Em entrevista à revista CARAS, Bruno de Luca falou sobre dilemas da paternidade e como tem enfrentado o novo momento de sua vida

Bruno de Luca é pai de Aurora, fruto do seu relacionamento com Sthéfany Vidal - FOTO: MARIANA SALLES
Bruno de Luca é pai de Aurora, fruto do seu relacionamento com Sthéfany Vidal - FOTO: MARIANA SALLES

O apresentador Bruno de Luca (41) revelou que passou por um tratamento sério para conseguir realizar o sonho de ser pai. Em entrevista à revista CARAS, o artista contou que antes de conhecer a produtora Sthéfany Vidal (30), ele achou que iria morrer solteiro. 

“Eu achava que ia ser solteiro para sempre e ela também já estava meio que sem esperança de não achar ninguém que se identificasse. Eu rodei o mundo procurando e vi que minha alma gêmea estava perto, em frente à minha casa. E, aí, me amarrei, graças a Deus. Estou muito feliz”, conta ele.

Vivendo um momento especial em sua vida ao lado da esposa, com quem está junto há três anos e meio, o ator contou que a chegada de Aurora, que está com 11 meses, veio após enfrentar uma batalha pessoal. 

Por ter passado por uma reposição hormonal recente, Bruno acabou tendo dificuldades para produção de espermatozoides. Seu quadro exigiu que ele buscasse ajuda médica, para que ele voltasse a ser fértil e realizasse o sonho da paternidade. 

“Eu estava infértil. Fiquei arrasado achando que não poderia mais ter filhos. Parei de tomar medicação e comecei um tratamento para estimular a produção. E, aí, foi mais rápido do que a gente imaginava”, conta ele, que ainda aproveitou para fazer um alerta: “Foi um drama mesmo, pensei ‘não acredito que fiz essa besteira para emagrecer’. Então, aconselho todo mundo a saber o que está tomando, ver o efeito colateral que tem, se é realmente tão importante assim na sua vida”, avisa.

Leia também: O que Bruno de Luca disse em depoimento à polícia? Acidente de Kayky gerou dúvidas

Baladeiro, o famoso se divertiu ao lembrar dos conselhos dos amigos, que a todo instante faziam provocações sobre o perrengue que ele iria enfrentar. “Falavam ‘você vai ficar noites sem dormir’, mas eu não sei também se é porque eu já ficava sem dormir em balada (risos), então, está sendo mais fácil do que imaginava e mais amoroso, mais mágico do que sonhava”, avalia o papai de primeira viagem.

Mesmo com agenda cheia, o comandante do programa Vai pra Onde?, do Multishow, disse que se sente privilegiado em estar conseguindo ver de pertinho o crescimento de Aurora, algo que ele não teve com o próprio pai. 

"Eu tenho o privilégio de acompanhar o crescimento dela, coisas que o meu pai não pôde. Lembro que eu acordava e meu pai já não estava mais em casa e eu ia dormir, muitas vezes, sem ele ter chegado do trabalho. Então, poder acompanhar tudo está sendo o máximo!”, afirma.