Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
Revista / Agora é Moda

A MANGUEIRA CONTAGIA COM SUA VELHA GUARDA

Leona, Ricardo Pereira, Marina Elali e Melanie caem no samba na ilha com a rainha Gracyanne

Redação Publicado em 30/01/2009, às 14h35 - Atualizado em 05/02/2009, às 14h04

A passista Sirley e o cantor Dido animam os vips em Angra com clássicos imortalizados pela verdee- rosa, a mais tradicional escola de samba carioca. - George Magaraia/ Imagens Magasac, Mariana Vianna/ A7 Fotografia e Shela Guimarães
A passista Sirley e o cantor Dido animam os vips em Angra com clássicos imortalizados pela verdee- rosa, a mais tradicional escola de samba carioca. - George Magaraia/ Imagens Magasac, Mariana Vianna/ A7 Fotografia e Shela Guimarães
O galã português Ricardo Pereira (29) orgulha-se por ter o mesmo espírito de um carioca da gema. Protagonista de Negócio da China, ele conta que agora vem se esforçando também para ter samba no pé. E bastou ver os integrantes da Velha Guarda da Mangueira na Ilha de CARAS, onde fizeram show patrocinado pela Seda, para que o ator começasse a remexer os quadris, sem muito ritmo. "Estou tentando aprender, quero ser um carioca aplicado", brincou Ricardo, ao lado da namorada, a pesquisadora de arte contemporânea Francisca Pinto (25). Os dois se dividem na ponte aérea Rio- Lisboa desde 2004, quando ele veio pela primeira vez ao Brasil gravar Como Uma Onda. A apresentação dos baluartes da tradicional escola de samba carioca, que formaram o grupo em 1988 e já se apresentaram na Europa divulgando clássicos da verde-e-rosa, mexeu com corpo e coração da cantora Marina Elali (26), da atriz Leona Cavalli (39), e da modelo Melanie Fronckowiak (21), que ano passado ganhou o concurso da grife de lingerie Sloggi, em Paris, que no Brasil ficou conhecido como o do bumbum mais bonito do mundo. "Não foi só pelo corpo, o suingue ajudou muito a conquistar o título. Durante o concurso, cheguei a dar uma sambadinha no palco", disse Melanie. A festa inspirou até o ufanismo de Leona."O Brasil é mesmo o máximo. É o único país que para por cinco dias para celebrar a alegria. Adoro o carnaval e, hoje, cantei várias músicas com a Velha Guarda", disse a atriz, que atua com Ricardo na trama global. O show dos dez integrantes da Velha Guarda - Tia Zélia (83), Erivá (72), Sapoty (59), Soninha (64), Zenith (69), Aryzinho (75), Genuíno (78), Mocinho (65), Siqueira do Cavaquinho (71) e Rody (64), dirigidos pelo violonista Josimar Monteiro (42) e com a participação do intérprete Dido (35) - não empolgou só pelo ritmo. Também foi muito elogiado o repertório de clássicos como Exaltação À Mangueira (Aloisio Costa e Enéas Brites), Corra e Olha O Céu (Cartola e Dalmo Castello), e Piano na Mangueira (Tom Jobim e Chico Buarque). O grupo também interpretou o samba- enredo deste ano, A Mangueira Traz os Brasis do Brasil Mostrando a Formação do Povo Brasileiro, e a música que deu, em 2002, o último dos 18 títulos da escola, Brazil com Z é pra Cabra da Peste, Brasil com S é Nação do Nordeste. Mangueirense de coração, o ex-jogador Bebeto (44), campeão do Mundo com a seleção em 1994, preferiu, no entanto, não se arriscar a dançar. "Não tenho samba no pé, gosto de ficar observando. Meu pé nasceu para a bola. Mas adoro a Mangueira. É maravilhoso ver assim tão perto o que só vemos no sambódromo", disse ele, ao lado da mulher, Denise (40), e dos filhos Stéphannie (17), modelo, e Mattheus (14), jogador do elenco infantil do Flamengo e da seleção brasileira sub 15. Já a atriz Bruna Marquezine (13), integrante da Grande Rio, não resistiu à verde-e-rosa. "Sambe bastante. Adoro carnaval", disse ela, que vive a Flor de Lys de Negócio da China, novela que estava representada ainda pelos atores Debora Olivieri (51), Xuxa Lopes (55), Cristiane Machado (27), Oscar Magrini (47), Anderson Lau (29), Vera Zimmermann (44), Eike Duarte (12), Jui Huang (23) e Luciana Mizutani (26), além dos portugueses Maria Vieira (51) e Joaquim Monchique (39). "Amo o Brasil. Qualquer coisa aqui é motivo para churrasco e samba. Há três anos venho fazendo a transmissão do carnaval para a SIC (rede de televisão portuguesa). E neste ano vou realizar outro sonho. Após participar de uma novela brasileira, vou desfilar na Grande Rio", explicou Monchique, encantado com a evolução de Gracyanne Barbosa (25), rainha de bateria da Mangueira e mulher do cantor Belo (34), e das passistas Sirley Monteiro (28) e Rosiane da Silva (20). "Já moramos juntos. Mas devemos fazer uma cerimônia este ano para oficializar a relação. Esta vontade de casar de véu e grinalda surgiu depois que conheci o Belo. Ele é o homem da minha vida", disse Gracyanne, aplaudida na plateia pela atriz Solange Couto (52), com os filhos, Morena Mariah (17) e Márcio (34), vocalista da banda Volt, e o sobrinho Wesley Marcos (17). O carnaval antecipado contou ainda com a presença de Paulo Nigro (25), de Os Mutantes - Caminhos do Coração, da Rede Record, com a amada, Thaís Pacholek (24), a Beatriz de Revelação, do SBT.