Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
PODCAST CARAS / ENTREVISTA

Carmo Dalla Vecchia relembra decisão de expor sua sexualidade: 'Minha vida mudou'

Em entrevista ao Podcast CARAS, Carmo Dalla Vecchia falou sobre dificuldade da auto aceitação

Mariana Arrudas Publicado em 22/09/2023, às 13h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O ator Carmo Dalla Vecchia durante entrevista ao Podcast CARAS - Foto: Reprodução/CARAS
O ator Carmo Dalla Vecchia durante entrevista ao Podcast CARAS - Foto: Reprodução/CARAS

Carmo Dalla Vecchia (52) revelou que a decisão de expor sua sexualidade não foi fácil. Em entrevista ao Podcast CARAS, o artista, que é casado com o roteirista João Emanuel Carneiro (53), disse que precisou superar seu próprio preconceito ao decidir falar sobre sua relação. "A partir do momento em que eu decidi falar sobre o assunto, minha vida mudou e melhorou."

"Não é porque você é gay, que você não tem preconceito. Acho que todos nós que somos gays temos [a dificuldade de auto aceitação]. Nós somos homofóbicos, machistas, temos preconceito racial. A gente aprende a não ter [preconceitos]", disse Carmo Dalla Vecchia.

Para ele, uma das maiores dificuldade é ressignificar um termo que é usado de forma pejorativa no dia a dia e entender que não há nada de errado com ele. "É difícil as pessoas baterem no peito e dizer: 'Eu sou viado'. Quando você diz eu sou gay, qual é a parte de você que está doendo ainda?", questionou.

Leia também:Carmo Dalla Vecchia revela desentendimento com marido após expor relação

Carmo Dalla Vecchia é casado com João Emanuel Carneiro há 18 anos, e, juntos eles são pais de Pedro (3), que foi gerado através de barriga de aluguel. O ator revelou nacionalmente seu relacionamento em junho de 2021, durante o Super Dança dos Famosos, na Globo.

O artista afirma ter escolhido falar sobre sua sexualidade porque precisava ser ele mesmo. "Eu tive conversas com pessoas importantes na minha vida, algumas aceitaram isso de uma maneira legal. Outras eu tive que mostrar para elas que elas tinham preconceito e não conseguiam enxergar.

"Falei em casa para o João e ele disse: 'Ah é? Você quer fazer isso?'", contou ele, que pediu permissão para citar o nome do amado. "Aquele momento, eu estava falando de família, se eu não falasse o nome dele seria como se eu estivesse negando ele, isso ia bater de uma maneira muito ruim."

CONFIRA TRECHO DO PODCAST CARAS COM CARMO DALLA VECCHIA:

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!