Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Novelas / Próximos capítulos

Pantanal: Filho de Tenório revela que é capaz de uma grande maldade

Pistoleiro descobre que um dos filhos de Tenório tem potencial para ser um matador na novela Pantanal

CARAS Digital Publicado em 04/07/2022, às 15h46

Marcelo (Lucas Leto), Tenório (Murilo Benício), Zuleica (Aline Borges), Roberto (Cauê Campos) e Renato (Gabriel Santana) na novela Pantanal - Foto: Globo / João Miguel Junior
Marcelo (Lucas Leto), Tenório (Murilo Benício), Zuleica (Aline Borges), Roberto (Cauê Campos) e Renato (Gabriel Santana) na novela Pantanal - Foto: Globo / João Miguel Junior

Nos próximos capítulos da novela Pantanal, da Globo, um dos filhos de Tenório (Murilo Benício) vai revelar que é capaz de fazer maldades na história. Ele vai demonstrar que poderia matar pessoas caso o pai pedisse pelo favor.

Nas cenas, segundo a colunista Patricia Kogut, do Jornal O Globo, o jovem Renato (Gabriel Santana) vai revelar que é um vilão. Logo após Tenório descobrir que foi traído por Maria Bruaca (Isabel Teixeira) e Alcides (Juliano Cazarré), ele vai contratar um pistoleiro para matá-los. Porém, Renato dirá que poderia ter feito o serviço para o pai.

Em uma conversa com o pistoleiro, Renato diz que o pai não precisava ter contratado um pistoleiro para acabar com as vidas de Maria Bruaca e Alcides. “Se ele pedisse, eu teria feito isso de graça. E sem dar na vista”, declara o rapaz.

Então, o pistoleiro leva um susto com a declaração e diz que o rapaz deve estar brincando. Renato rebate e diz que o rival não o conhece. Assim, o pistoleiro diz que Renato pode ser um matador.

Tenório já cometeu crime no passado em Pantanal

Nos próximos capítulos de Pantanal, um segredo de Tenório virá à tona. O público vai descobrir que ele matou um caminheiro quando era pré-adolescente após a morte dos seus pais.

Nas cenas, Tenório vai participar de uma roda de viola na fazenda de José Leôncio (Marcos Palmeira). Lá, o fazendeiro pede para Trindade e Tibério (Guito) cantarem uma moda inédita. Então, Trindade ouve um conselho do Cramulhão e começa a cantar a música sobre um boinha e o filho de um Gato. Ninguém entende quem são os personagens e José Leôncio explica: “Boinha é o filho de bóia fria”. E Tenório completa: “E gato é chofer de caminhão que aluga os bóia fria para trabalhar nas lavouras”.

A canção diz que o filho do bóia fria matou o Gato. No final da música, Tenório está chorando e lamenta. “A vida também é feita de tragédia. Na verdade, ela é feita mais de tragédia que outra coisa”, diz ele. Porém, Mariana (Selma Egrei) não acredita na história da música. “Tudo bem que a vida não seja nenhum faz de contas. Mas daí a você acreditar que um molecote do quê? Dos seus dez, doze anos, seja capaz de tirar a vida de um homem por vingança já é demais”, declara.

Enquanto isso, Roberto está investigando o passado do pai, Tenório, em São Paulo. Ele lê vários documentos sobre a vida do pai e se depara com a história da morte de Gato. Ele não encontra o nome do pai nos documentos, mas acredita que ele seja o culpado. “É coincidência demais, mãe. O mesmo acidente, as datas, a região... Tudo indica que esse menino que matou o Gato é o meu pai”, afirma.