Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / DESABAFO

"A vida passou": o emocionante desabafo de Anahí em seu retorno ao Brasil com o RBD

Muito emocionada, ela interrompeu o show para fazer uma reflexão sobre o momento que vive

Gustavo Assumpção

por Gustavo Assumpção

gassumpcao@caras.com.br

Publicado em 10/11/2023, às 15h48

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
"A vida passou": o emocionante desabafo de Anahí em seu retorno ao Brasil com o RBD - Reprodução/ Instagram
"A vida passou": o emocionante desabafo de Anahí em seu retorno ao Brasil com o RBD - Reprodução/ Instagram

A cantora Anahí protagonizou um momento comovente na noite desta quinta-feira (9) em seu retorno ao Brasil ao lado do RBD, grupo que marcou a infância e adolescência de milhões de brasileiros.

Muito emocionada, ela interrompeu o show para fazer uma reflexão sobre o momento que vive. Aos 40 anos, madura e focada em sua família, ela agradeceu o carinho dos fãs, que seguem apoiando cada um dos integrantes. 

"Eu confesso que esqueci o português. A vida passou, hoje tenho 40 anos, sou mamãe. Eu esqueci de muitas coisas. Mas você, eu nunca, nunca, nunca poderia esquecer Brasil! Como é bom estar aqui. Eu te amo, Brasil", declarou ela com lágrimas nos olhos.

O primeiro show da nova turnê em terras brasileiras aconteceu no Estádio Milton Santos, no Rio de Janeiro. Depois, o grupo ainda realiza uma série de apresentações em São Paulo, onde milhares de pessoas devem aplaudir o grupo mexicano. 

Veja o vídeo:

CARAS conversou com Dulce María

A cantora Dulce María (37) há alguns meses saiu em turnê com o grupo RBD, mas não deixou as responsabilidades da maternidade de lado. A artista tem levado sua filha Maria Paula, de 2 anos, para cada cidade e país que tem se apresentado. Em entrevista à CARAS Brasil, a diva mexicana abriu o coração e revelou os detalhes envolvendo os bastidores da carreira.

Para Dulce, levar a pequenina para a turnê internacional é como “como subir ao mundo” e poder dividir com todos os amigos, admiradores e famíia um pouco de seu novo momento, o qual se encontrou como mãe e artista.

“É uma conquista pessoal, mas é um amor tão grande que é como dividir com todos que estão comigo nos momentos tristes, bonitos, alegres, estar sempre dividindo coisas particulares que custaram tanto para a gente construir, ter uma estadia emocional, uma família, filhos, tudo isso precisa de tempo e energia para ser construído”, disse a esposa de Paco Álvarez.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!