Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Porte e charme de Aline Weber encantam o mundo

Na Ilha de Caras, top Aline Weber fala da vida em NY, dos sonhos com o namorado e celebra sucesso da carreira

Redação Publicado em 31/01/2012, às 12h25 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Aline descansa dos desfiles do São Paulo Fashion Week no mar de Angra. - Leandro Pimentel e Samuel Chaves/S4 Photo Press
Aline descansa dos desfiles do São Paulo Fashion Week no mar de Angra. - Leandro Pimentel e Samuel Chaves/S4 Photo Press

Magrinha e alta, então com 1,79m, já aos 13 anos Aline Weber (22) causava estranheza à época de estudante da Escola de Educação Básica Rosina Nardi em Seara, interior de Santa Catarina. Além de ganhar dos colegas o apelido de “vara de medir açude”, assistia às aulas no fundo da sala, para evitar as reclamações dos alunos, que não conseguiam enxergar quando ficavam atrás dela. Alguns anos depois e com dois centímetros a mais — agora, mede 1,81m e pesa 57kg —, Aline conquistou as passarelas de Paris, Londres, Milão, Tóquio e Nova York, cidade onde vive com o amado, o também modelo Matheus Strapasson (25). “Não parei em 2011, foi o ano que mais trabalhei na carreira. Viajei tanto para as campanhas, que não dava tempo de desfazer a mala. Do jeito que ela chegava, já saía. Só trocava alguma peças, mas nem tirava a bagagem da sala. Minha casa era um acampamento. Matheus reclamava, coitado, mas sabe por experiência própria que nossa vida é assim. Moramos juntos há muito tempo, isso faz parte da rotina”, contou ela, na Ilha de CARAS, em momento relax com o namorado após participação no São Paulo Fashion Week, onde desfilou para a Ellus e Animale. O amor de Aline e Matheus é evidenciado não só nas trocas de carinho. Cada um usa um colar de ouro com uma plaquinha. Na da top está escrito “Ao meu amor” e, na dele, “Que seja infinito”.

– Vocês estão juntos há seis anos. Como se conheceram?

Aline – Nos bastidores de um Fashion Rio, acredita? Foi ali que a gente praticamente começou a namorar. No intervalo do desfile, trocamos olhares e passamos a conversar. Chegamos a dar um beijo. Depois, fui para o SPFW e não nos falamos por uma semana. Na volta, tudo aconteceu.

– Pensam em oficializar a união e ter filhos?

Aline – Quero casar, sim. E ter duas ou três crianças, é importante crescer com irmãos. Mas vamos adiar esse projeto, deixar bem para a frente, quando realmente conseguirmos montar uma estrutura. Já conversei com outras modelos que tiveram filhos no auge da carreira e elas contam o quanto é sacrificante organizar um esquema, deixar a criança em casa e fazer tantas viagens. Para mim, agora não daria. Talvez aos 30 anos.

– E há ciúmes entre vocês?

Aline e Matheus – Sim!

Matheus – No começo, Aline era mais ciumenta, porque eu tinha muitas amigas. Então, fechava a carinha, ficava chateada. Com o tempo, mostrei que me dedicava a ela. Agora, sinto mais ciúme. Tem muitos caras babando nela...

Aline – Estipulamos regras, combinamos não fazer campanhas de nu ou beijando outras pessoas, a não ser que seja algo que vá mudar nossas vidas. Já brigamos por causa de foto, agora não mais.

– Aline, o que você ainda quer fazer ou aprender na sua vida?

– A nadar, porque não sei (risos) e também a cantar, tenho uma veia musical legal. Mas o maior desejo é fazer campanha com Matheus para uma grande grife.

– Já pensa em fazer algo quando não tiver mais tanto trabalho?

– Venho morar no Brasil, em uma praia de Florianópolis. Provavelmente, vou montar um restaurante, com Matheus como chef, ele cozinha muito bem.

– E qual o seu estilo de se vestir no dia a dia?

– Gosto de roupas confortáveis e ecléticas. Hippie chic no verão. No inverno, calça skinny ou pantalona. Totalmente anos 70.