Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Alessandra Maestrini alça voo como cantora com show na Ilha de CARAS

Virtuosismo e carisma pontuam a performance da neomusa pop no litoral fluminense

Redação Publicado em 22/01/2013, às 15h48 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Alessandra Maestrini anima o público acompanhada de João Carlos Coutinho. - Caio Guimarães, Ivan Faria, Maíra e Selmy Yassuda
Alessandra Maestrini anima o público acompanhada de João Carlos Coutinho. - Caio Guimarães, Ivan Faria, Maíra e Selmy Yassuda

A interpretação e a música sempre caminharam lado a lado na carreira de Alessandra Maestrini (35). A atriz, que já estrelou grandes musicais como New York, New York, Rent, 7 e Les Misérables, contagiou a Ilha de CARAS, no litoral fluminense, com o show Drama’n Jazz. No repertório, clássicos como You’re The Top, I Feel Good, além de versão em inglês assinada pela atriz de Eu Te Amo, de Tom Jobim (1927-1994) e Chico Buarque (68). “Sempre tive a facilidade vocal, mas a disponibilizava para as personagens. De uns tempos para cá, fui me descobrindo como cantora, descobrindo minha própria voz”, contou a paulista de Sorocaba, que lançou seu primeiro CD, homônimo ao show, em 2012. “Dei os primeiros passos no projeto e agora quero focar nele! Quero que chegue a todas as pessoas”, emendou ela, acompanhada com brilhantismopor JoãoCarlos Coutinho (50), músico que já tocou com feras da MPB como Leny Andrade (69) e Maria Bethânia (66) e faz parceria com Alê há cerca de dois anos. O show na Ilha marcou ainda a primeira apresentação da dupla sem outros músicos no conjunto.

O talento e carisma da artista hipnotizaram os convidados, que não pouparam elogios à estrela da tarde. “Já a conhecia da TV, mas não sabia que tinha uma voz tão maravilhosa. Aliás, uma voz abençoada, afinadíssima e gostosa de ouvir”, afirmou a top Talytha Pugliesi (30), que compôs a primeira fila ao lado da também top model Cintia Dicker (26) e dos atores Carla Diaz (22) e Miguel Rômulo (20). Quem também exaltou a versatilidade de Alê foi Jacqueline Dalabona (45). “Já a assisti no teatro e fiquei arrepiada do começo ao fim.Ela canta com o coração”, atestou a atriz. “Repertório perfeito para a ocasião”, acrescentou Bárbara Borges (33), no ar com a trama Balacobaco, da Record, com o eleito, o jornalista e sociólogio Pedro Delfino (32). “Curti todas as músicas e cantei junto. Tenho ligação muito forte com a dança. Por isso, não resisti ao ritmo dela”, falou Paloma Bernardi (27), da global Salve Jorge. Shows, aliás, são programas constantes na rotina da atriz, já que namora o ator e músico Thiago Martins (24), do Trio Ternura.

Amiga de longa data de Alessandra, Simone Gutierrez (36) era das mais animadas. “Sou um pouco parecida com ela! Gosto de fazer de tudo um pouco, interpretar, cantar e dançar. Minha grande paixão é o palco, algo que me realiza. Somos amigas e já trabalhamos juntas no musical Le Misérables”, explicou Simone, que pretende seguir os passos de Alê. “Também quero gravar um CD, a música faz parte da minha carreira”, afirmou a atriz, vinda da triunfal temporada do musical Priscilla, Rainha do Deserto. “Fiquei encantado. Ela canta muito bem, é afinadíssima, tem o suingue do teatro e da TV e traz essa coisa performática para o show”, avaliou o sambista Diogo Nogueira (31), com a mulher, Milena Nogueira (36), e o filho, Davi (6).

Dona de senso de humor apurado, Alessandra cativou a apresentadora do Programa da Tarde, da Record, Ana Hickmann (31). “Sabia que era uma excelente atriz e agora descobri mais essa faceta. Parabéns!”, declarou Ana. “A primeira vez que subi ao palco para cantar, sendo eu mesma, sem a barreira de um personagem, me senti nua! Hoje, já estou mais acostumada, mas, assim como no teatro, o friozinho na barriga sempre vai existir”, resumiu Alessandra, desde já a protagonista de um dos momentos mais mágicos desta temporada da Ilha.