Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Cabeleireiros dão dicas de cuidados e penteados para o Carnaval. Confira!

Para arrasar no Carnaval, os cabeleireiros sugerem penteados frescos e elegantes, como os coques, e dão dicas para manter o cabelo lindo durante os dias de folia

Redação Publicado em 01/02/2013, às 17h43 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Cabelo com ondas largas, coque ou penteados volumosos são as melhores opções para curtir o Carnaval! Mas não esqueça de cuidar dos fios e do couro cabeludo - Foto-montagem
Cabelo com ondas largas, coque ou penteados volumosos são as melhores opções para curtir o Carnaval! Mas não esqueça de cuidar dos fios e do couro cabeludo - Foto-montagem

O cabelo é um acessório feminino e oferece muitas possibilidades para mudar o visual. E no Carnaval não é diferente. A seguir, três especialistas ensinam a fazer penteados para a folia e dão dicas de como manter o cabelo lindo durante e após os dias de festa. E vale inovar no visual, usar chapinha e secador, e claro, apostar forte no coque. Veja como!

Penteado bonito e fresco

Dançar e pular Carnaval com o cabelo solto pode não ser uma boa ideia. O calor e o suor certamente vão incomodar. Portanto, a alternativa para estar bonita e não perder um só minuto de curtição, é optar por um penteado elegante e fresco. “Levante o cabelo e faça um coque francês. Além de ficar linda, você não passa calor”, diz Mari Nicácio, hair stylist do HOMA Salon. Tranças também são ótimas opções. E, se o cabelo é curto, dá para apostar nos penteados laterais, como os que as atrizes Marion Cotillard e Michelle Dockery desfilaram no red carpet do SAG Awards.

Penteado exuberante dá trabalho, mas vale a pena

“Use cabelo com muito volume no Carnaval”, recomenda Daniel Fortunato, hair stylist que já cuidou dos cabelos de Lindsay Lohan. “É uma característica bem brasileira da qual todo mundo lá fora (no exterior) morre de inveja”, diz. Por aqui, Carnaval na avenida é sinônimo de exuberância e o penteado combina perfeitamente com a ocasião. Mas, para manter o volume a noite inteira, são necessários laquê, grampos e outros produtos que podem se tornar “vilões” do cabelo. “Depois do penteado, a mulher precisa lavar o cabelo com shampoo e desembaraçá-lo suavemente de baixo para cima. Na hora de secar, não esfregue os fios com a toalha”, diz Mari, que mantém um blog com dicas de cuidados com o cabelo. Uma alternativa para escapar dos itens que compõem o penteado é usar um corte de ondas largas. Elas estão na moda e na novela “Salve Jorge” com as personagens Helô (Giovanna Antonelli) e Rosângela (Paloma Bernardi).

Não durma com o cabelo molhado

Depois da folia, lave o cabelo. Mas não durma com ele molhado. “Como uma parte seca e a outra não, o cabelo pode ficar com cheiro”, afirma Mari Nicácio. E as consequências vão além. “Na cama, o cabelo fica abafado e por isso está exposto a fatores externos, como germes. O couro tem que estar bem limpo para que o cabelo se mantenha saudável. Além disso, os fios ficam ‘molinhos’ e podem ficar marcados”, alerta Daniel Fortunato, hair stylist.

Proteja-se do sol na praia e nos blocos de rua

O sol - com moderação - faz bem à pele, ao cabelo e ao corpo. Mas a exposição excessiva aos raios solares prejudica a saúde dos fios e do couro cabeludo. “Use produtos com proteção solar”, recomenda a hair stylist Mari Nicácio. A situação pode ser ainda mais grave se o cabelo for tingido. “Não adianta gastar ‘horrores’ no salão ou fazendo tratamentos em casa e se expor ao sol. O calor e a umidade podem dilatar a cutícula do cabelo e, por sua vez, o sol oxida a cor do cabelo e causa ressecamento”, diz Daniel Fortunato. A alternativa, nesse caso, é usar acessórios para cobrir os fios. “Vai à praia? Use um chapéu. Se não der, coloque o cabelo para trás e use um laço ou um lenço, que é muito chique”, sugere o hair stylist.

Pode usar secador e chapinha todos os dias?

O secador e a chapinha são aliados poderosos na hora de fazer os penteados e ajeitar os fios. Mas fique atenta: “o uso do secador de cabelo e da chapinha não faz mal. O abuso é que faz”, alerta Miguel Estelrich, hair stylist espanhol à frente do salão Casa Peluqueria, de Santa Catarina, e embaixador da Wella no Brasil. “Usando chapinha todos os dias você pode provocar quedas que não aconteceriam naturalmente”, diz. Já o secador não é tão “vilão” quanto a chapinha. “Ele sozinho não faz nada, mas com a escova você faz fricção e pode arrancar os fios. A temperatura também pode prejudicar”, avalia Miguel.

Por Juliana Cazarine