Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Eventos / One Day Golf

MARCELLO NOVAES REVELA O SEU VERDADEIRO AMOR

SOLTEIRO, O ATOR GARANTE QUE OS FILHOS, PEDRO E DIOGO, NÃO DEIXAM ESPAÇO PARA SOLIDÃO

Redação Publicado em 21/03/2007, às 10h22 - Atualizado em 29/08/2011, às 14h50

Pedro, Marcello e Diogo nadam no mar da Ilha de CARAS, com o Acqua Lounge Fiat ao fundo
Pedro, Marcello e Diogo nadam no mar da Ilha de CARAS, com o Acqua Lounge Fiat ao fundo

por Carlos Lima Costa Vivendo um período - que já dura cerca de dois anos - de confessos desencontros amorosos, o ator Marcello Novaes (44) garante que nem assim a solidão tem espaço em seu cotidiano. "Depois que temos filhos, conquistamos um amor eterno, tanto para dar quanto para receber. Acho que nunca mais estarei sozinho, porque com eles nunca vou me sentir traído ou deixado de lado", afirmou ele, referindo-se aos herdeiros Diogo (12) - do casamento com a empresária Sheyla Beta (37) - e Pedro (10), da união com a atriz Letícia Spiller (33). "Meus filhos me fizeram conhecer o verdadeiro amor incondicional. Amadureci com eles e me tornei mais responsável", acrescentou, na Ilha de CARAS. Enquanto se divertia ao lado dos meninos, Marcello falou também de seus planos. Após sair de Malhação, programa do qual participou por um ano, o ator prepara-se para gravar Sete Pecados, próxima novela das 7 da Globo, com estréia prevista para junho. E vai ser na pele de um professor de educação física que ele celebrará, agora em 2007, seus 25 anos de carreira. "Agradeço a Deus todo dia por tudo que me acontece, pela saúde dos meus filhos e por estar em uma emissora como a Globo, onde desde 1988 nunca parei de trabalhar. Só tenho uma frustração, que é nunca ter sido chamado para atuar no cinema. Tenho tanta vontade que, se me convidarem, faço de graça", admite o ator, que tem ainda a música como hobby: há pouco mais de um ano ele toca percussão na banda Los Impossibles. - Como é o Marcelo pai? - Procuro participar de todos os momentos deles e não me considero careta. Mesmo porque, é importante que eles conheçam o mundo da forma como ele é. Temos um diálogo aberto, mas é claro que tudo tem limite. Só nunca bati neles, o máximo que faço é colocar de castigo. Quero dar liberdade para que me tenham não só como pai, mas como melhor amigo. Não é porque são meus filhos, mas são dois meninos excepcionais. Diogo e Pedro me falam até das namoradas. - Muitos homens invejam a boa relação que você mantém com suas ex. Qual o segredo? - O grande barato é discernir as coisas. Afinal, casei com a Letícia e com a Sheyla por amor. Elas foram minhas amigas, irmãs, mulheres e amantes. Hoje, o amor acabou, mas continuo admirando as duas e elas são mães excelentes. Dei sorte de ter grandes mulheres. E temos um acordo. O que for melhor para os meninos é o melhor para nós. Então não tem dia nem hora certa para vê-los. Isso reflete na felicidade deles, porque se sentem bem vendo os pais, mesmo separados, tendo uma boa relação. - Você deseja mais filhos? - Ter um novo amor e casar, isso eu espero que aconteça, mas outro filho não está nos meus planos. - Então, você está solteiro? -Há dois anos. Já tive fase de variar, 'pegar' várias mulheres. Foi bom. Só que sinto falta de ter alguém. Agora, a vida de solteiro é interessante. Você não tem que dizer aonde vai, a que horas volta... Mulher muito ciumenta comigo não dá certo. Já fui ciumento, chato, mas é perda de tempo. Sua parceira tem de entender que existe a vida privada, que um dia você vai sair com os amigos e vice-versa, isso é o mais saudável. PRODUÇÃO: MIRIAN FONSECA; COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO: CLAUDIO LOBATOFOTOS:CADU PILOTTO; AGRADECIMENTOS: ARMADILLO, ESSENCIAL.