Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Idade e formato do rosto determinam o corte de cabelo. Veja opções

A seguir, veja quais são os cortes indicados para cada faixa etária e quais deles combinam com cada formato de rosto

CARAS Digital Publicado em 27/05/2014, às 15h53 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Idade determina o corte de cabelo. Veja opções e como adequá-las ao formato do rosto - Foto-montagem
Idade determina o corte de cabelo. Veja opções e como adequá-las ao formato do rosto - Foto-montagem

Long bob, joãozinho, médio. Na hora de cortar o cabelo, além de buscar inspiração nas tendências de moda - e no visual das famosas, é preciso analisar o formato do rosto e a idade. “Cada idade pede um corte, mas o que determina o look ideal é o formato do rosto”, diz o hairstylist Leonardo Guedes, do W Crystal.

Veja os cortes indicados para cada faixa etária:

- Dos 20 aos 30:

cabelo para cada idade

Para Guedes, o cabelo comprido é a melhor opção para quem está nesta faixa etária. “O ideal é abusar do movimento e do volume, que valorizam o cabelo”, diz. Em qualquer idade, o formato do rosto é o que determina o tipo do corte. “Mulheres de 20 a 30 anos podem tudo, desde que respeitem o formato do rosto e suas características físicas e pessoais, como o ambiente de trabalho”, avalia o hairstylist.

- Até os 50:

cabelo para cada idade

A partir dos 30 anos, segundo o hairstylist, “para dar leveza ao visual e valorizar as linhas do rosto, o ideal é investir em cortes médios e com volume bem distribuído”, indica. Como o volume do cabelo diminui nesta faixa etária, o cabelo longo não é indicado. “Manter o cabelo longo não favorece a beleza nessa idade, já que o volume é menor”, avalia o Guedes.

- A partir dos 50

cabelo para cada idade

O hairstylist Leonardo Guedes tem uma explicação para o cabelo curtíssimo ser a melhor opção para a mulher que já passou dos 50: “o look rejuvenesce e pode até criar um visual sexy”, afirma. Os curtos ainda alongam o rosto. “Como o cabelo é mais sensível nessa idade, os cortes mais curtos ajudam a manter os fios saudáveis, além de deixar o rosto vertical, mais longo”, afirma.

Veja quais são os cortes indicados para cada formato de rosto:

Oval: versátil, o formato permite qualquer tipo de corte. “Por ter medidas equilibradas e não ter ângulos marcantes, é possível usar cortes repicados e volumosos, que podem ser curtos, médios ou compridos”, indica o hairstylist.

Quadrado: este formato de rosto caracteriza-se pela mandíbula larga, que pode ser suavizado com cortes assimétricos. “São indicados o chanel com franja lateral, curto assimétrico, corte médios ou longos com pontas desfiadas e franja levemente desfiada”, sugere Guedes.

Redondo: ao contrário de quem tem o rosto oval, quem tem o rosto redondo tem o queixo pequeno. “O ideal é apostar e cortes médios ou compridos, deixar os fios retos e sem volume, pontas assimétricas, e franjas laterais”, aconselha o hairstylist.

Triângulo invertido (ou coração): para este formato - testa larga, maçãs salientes e queixo fino -, “o melhor é o corte repicado - com comprimento abaixo do ombro, com volume entre o queixo e o pescoço, as pontas voltadas para fora e franjas laterais”, comenta.