Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Dieta saudável: conheça as diferença entre light, zero, integral, orgânico e diet

Há uma grande quantidade de produtos no mercado e em lojas de produtos naturais que se auto-intitulam saudáveis. Porem, é importante saber a diferença de cada um; confira!

Luiza Camargo Publicado em 29/05/2017, às 14h37

Dieta saudável: conheça as diferença entre light, zero, integral, orgânico e diet - Shutterstock
Dieta saudável: conheça as diferença entre light, zero, integral, orgânico e diet - Shutterstock

Há uma grande quantidade de produtos no mercado e em lojas de produtos naturais que se auto intitulam saudáveis. Porem, é importante saber a diferença de cada um, e o que são alimentos diet, light, zero, integral e orgânico. Pensando nisso,  a nutricionista funcional Haline Dalsgaard, diretora do projeto de cursos online “Saúde No Prato”,  comenta e explica a diferença e os benefícios de cada um deles; confira

+Dieta 80/20 libera pizza e hambúrguer, mas prioriza saladas e grelhados

Light: O termo light pode ser utilizado em duas situações: quando é baixo ou quando é reduzido em algum nutriente (açúcares, gorduras totais, gorduras saturadas, colesterol ou sódio) o quando um produto é baixo ou reduzido em valor energético. O produto light traz benefícios para quem precisa ou quer reduzir a ingestão de algum nutriente ou calorias, mas não precisa da retirada de algum nutriente específico.

Zero: O alimento zero é aquele que não contém algum nutriente específico. Pode ser zero em glúten, em lactose, em açúcar, etc. Estes alimentos são benéficos para quem precisa excluir um nutriente específico da sua dieta, seja por problemas metabólicos, alergias ou intolerâncias.

Integral: Um alimento é integral quando seus grãos não passaram por nenhum processo de refinação. Por isso, eles conservam todos seus componentes originais, incluindo cascas e películas protetoras. Os integrais são indicados para todos os indivíduos que desejam uma alimentação natural e saudável e, principalmente àqueles que precisam melhorar a função intestinal.

 Orgânico: Os orgânicos são aqueles que foram plantados sem agrotóxicos ou adubos químicos, o que resulta na isenção de subprodutos como nitratos, metais pesados, etc. Além  disso também é isento de drogas veterinárias, hormônios e antibióticos e de organismos geneticamente modificados. Alimentos orgânicos são mais saudáveis que produtos diet, light ou zero por não conterem aditivos químicos. Em relação aos produtos integrais, podemos ter cereais integrais de cultivo orgânico, e nesse caso são mais saudáveis pela ausência de agrotóxicos no seu plantio.

Diet: Segundo a Portaria SVS/MS 29/1998 da Vigilância Sanitária, alimentos diet são “aqueles destinados a dietas com restrição de nutrientes (carboidratos, gorduras, proteínas, sódio), alimentos para controle de peso e alimentos para dietas de ingestão controlada de açúcares”. O diet é indicado para quem precisa retirar o açúcar da dieta (produto diet sem adição de açúcar) ou para quem precisa reduzir o sódio (produto diet sem adição de sódio).