Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / Lindo gesto!

Whindersson Nunes agradece Anitta por ajuda ao sul da Bahia: ''Mais que um bando de rico''

Humorista Whindersson Nunes usa suas redes sociais para agradecer cantora Anitta após ajuda ao sul da Bahia, que enfrentou fortes chuvas

CARAS Digital Publicado em 11/12/2021, às 18h02 - Atualizado às 18h15

Humorista Whindersson Nunes agradece cantora Anitta por ajuda ao sul da Bahia após enchentes - Reprodução/Instagram
Humorista Whindersson Nunes agradece cantora Anitta por ajuda ao sul da Bahia após enchentes - Reprodução/Instagram

Whindersson Nunes(26) fez questão de agradecer a Anitta (28) publicamente após ajuda.

O humorista, que está contribuindo na arrecadação de recursos para auxiliar as famílias atingidas pelas fortes chuvas no sul da Bahia, foi até seu Twitter agradecer à cantora pelo apoio que recebeu dela.

"Anitta, com duas ligações, ajudou mais do que um bando de rico nojento que me oferece jato para me buscar para festinha e na hora de pedir a merda de um helicóptero fazem de conta que não entendem a gravidade do que a gente fala. Enfim, obrigado Anitta, de coração", escreveu ele.

Empenhado em amparar os moradores que sofreram com alagamentos e enchentes, na tarde de sexta-feira, 10, ele questionou: "Galera do extremo Sul da Bahia, o que está acontecendo por aí e o que pode ser feito?".

Em seguida, ele fez o pedido na rede social: "Gente, algum empresário(a) potência na Bahia que tenha helicóptero pode me dar uma força pra ajudar o pessoal atingido pelas enchentes?? Entra em contato, faz favor".

Anitta também se manifestou ao saber do ocorrido. "Gente, acabei de ver um lance da Bahia. Como posso ajudar?", perguntou ela, que teve uma resposta de Whindersson. "A chuva levou as estradas, e na cidade impossível de transitar, acho que a solução seria helicóptero pro resgate de pessoas ilhadas e pra levar doações, tem gente só com a roupa do corpo, tamo mandando dois, mais um pra atender as aldeias indígenas seria top demais", falou o piauiense.

Confira: