atualidades TRAGÉDIA

Luisa Mell denuncia ação de equipes ao ver tiros em animais em Brumadinho: ''Que barbaridade''

Ativista quis saber se o Conselho de Medicina Veterinária autorizou ''essa palhaçada''

CARAS Digital Publicado terça 29 janeiro, 2019

Ativista quis saber se o Conselho de Medicina Veterinária autorizou ''essa palhaçada''
Luisa Mell - Reprodução/Instagram

A defensora dos animais Luisa Mell chegou a Brumadinho com sua equipe nesta segunda-feira, 28, e está indignada com a forma como estão tratando os animais acidentados na tragédia, após o rompimento da barragem. 

Nesta terça-feira, 29, ela postou um vídeo em sua rede social denunciando o fato de agentes estarem executando os animais na lama, por meio de tiros vindos dos helicópteros. “Está explicado por que não me deixaram ir no helicóptero, porque eles não queriam salvar os animais, eles queriam assassinar os animais, que é o que eles estão fazendo agora atirando do helicóptero”, afirmou.

Segundo ela, quando ficou sabendo da notícia não conseguiu acreditar. “Os animais estão pagando pelo crime da Vale! Eram 14h37. Um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fazia voos rasantes em uma área devastada do Córrego do Feijão, numa região isolada e mais próxima da barragem de rejeitos. Um agente armado com fuzil mirava, de dentro do helicóptero, em locais onde enxergava animais na lama e disparava.”

Luisa ainda caracterizou o fato como uma sabotagem, para que os animais não sejam salvos. “Olha que lixo, que barbaridade, que atrocidade. E o pior de tudo, eu quero saber se o CRMV (Conselho Regional de Medicina Veterinária) autorizou essa palhaçada, porque a gente está cheio de veterinários aqui e tem outras maneiras dignas de sacrificar os animais e esta não é uma delas”, esbravejou. 

Desde ontem, por meio de suas redes sociais, Luisa está mostrando alguns momentos da ação que está promovendo e até desabafou sobre a situação de um boi que está ilhado e que ela está tentando fazer de tudo para resgatá-lo.
 

 

Último acesso: 05 Aug 2020 - 19:40:28 (312343).