Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Filho de Rita Lee abre o jogo sobre material inédito da mãe e novos projetos: 'Vão continuar'

Em conversa com a imprensa, João ainda relembrou a paixão de Rita Lee pelo Corinthians

Arthur Pazin e Mariana Arrudas

por Arthur Pazin e Mariana Arrudas

apazin_colab@caras.com.br

Publicado em 10/05/2023, às 14h00 - Atualizado em 13/06/2023, às 18h33

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O produtor musical João Lee e sua mãe, Rita Lee - Foto: Reprodução/Instagram @joaoleemusic
O produtor musical João Lee e sua mãe, Rita Lee - Foto: Reprodução/Instagram @joaoleemusic

João Lee (44), filho da cantora Rita Lee, abriu o jogo sobre os materiais inéditos produzidos pela mãe antes de sua partida. A artista morreu nesta terça-feira, 9, aos 75 anos, e teve seu velório realizado nesta quarta, 10, no Planetário do Ibirapuera. Segundo o produtor, os projetos e conteúdos devem ser utilizados no futuro. "Essas coisas vão continuar, não vão parar."

"Temos vários projetos, filme, série, peça, musical... A quantidade de letras que ela escreveu e não foram usadas, músicas gravadas. Temos bastante coisa. Isso estava sendo organizado há quatro anos, estávamos montando um cronograma", acrescentou o filho de Rita Lee durante a conversa com a imprensa, da qual a CARAS Brasil participou.

A cantora costumava contar em entrevistas que João havia sido seu filho que nasceu durante um jogo do Corinthians. O filho da artista conta que a paixão pelo time surgiu pelo seu pai, que era "corinthiano roxo", e ainda relembrou que costumava assistir aos jogos do time no estádio do Pacaembu, já que eles moravam pela região. 

"Encontrei o Casagrande [naquela época], depois encontrei ele e disse que já o conhecia porque ia o ver jogar com ela. Esse espírito corinthiano me passou também", completou ele, que nasceu durante um embate entre Corinthians e Santos. Segundo Rita Lee, quando João chegou ao mundo, seu time do coração marcou um gol.

Leia também:Pedro Bial lamenta morte de Rita Lee e homenageia artista

Quanto ao velório, João conta que o Parque do Ibirapuera era um lugar especial para a artista e sua família. "Ela morava na Vila Mariana, aqui perto, e ela tinha uma relação muito grande. Minha tia, a irmã dela, faz o aniversário dela todo ano aqui. Eles sempre tiveram uma relação muito grande com a natureza. Eu quando era pequeno vinha aqui com ela. Ela já veio gravar um clipe aqui."

MORRE AOS 75 ANOS A CANTORA RITA LEE, ETERNA RAINHA DO ROCK BRASILEIRO

Ícone da música brasileira, a cantora Rita Lee morreu nesta terça-feira, 9. A artista já havia sido diagnosticada com um tumor no pulmão esquerdo em 2021 e enfrentou um longa trajetória contra a doença publicamente.

Entre cura, remissão e internação, a cantora deixou os hospitais mais uma vez em fevereiro de 2023. Estável, Rita Lee anunciou até mesmo o lançamento de uma autobiografia. A notícia da morte da artista foi comunicada em seu perfil oficial do Instagram.