Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Fani Pacheco posa de maiô e desabafa: "Quebra do padrão"

A ex-BBB falou sobre o seu canal no Youtube, 'Fani Quebra Padrão'

CARAS Digital Publicado em 21/06/2017, às 11h40

Fani Pacheco - Facebook/Reprodução
Fani Pacheco - Facebook/Reprodução

Após ganhar 15kg, Fani Pacheco usou as redes sociais nesta quarta-feira (21) para posar de maiô e fazer um desabafo sobre o seu canal no Youtube, 'Fani Quebra Padrões'.

"O canal "FANI QUEBRA O PADRÃO " Não é uma simples websérie autobiográfica com ficção. Trato de "SER HUMANO" onde o propósito, o sabor e a realidade da vida vai muito além de padrões perfeitos fixados nos veículos de mídia e redes sociais, onde famosos e anônimos " ostentam" apenas beleza, luxo e felicidade. O canal já é um sucesso pessoal e profissional onde desafio o sistema e mais uma vez em 10 anos de carreira "dou minha cara a tapa" (só pra variar..rs) e convido numa nova linguagem as pessoas à refletirem sobre a vida de forma crítica ao que exponho sobre mim e sobre si mesmos. O "FANI QUEBRA O PADRÃO" não fala só da aceitação dos kilos extras e de sua fase emocional por conta disso. O objetivo desse meu canal é a quebra do padrão a tudo que nos oprime. Convido a uma reflexão para que as pessoas entendam que o caminho é se respeitar , respeitar seu emocional , seu tempo e cuidar da sua mente. Precisamos ter certeza de quem somos através do autoconhecimento para que possamos nos impor ( contra esses ataques sutis e sublimares que muitas vezes acontecem na moda própria casa) para q nos respeitem, para nos blindar dessa sociedade preconceituosa disfarçada de incentivadores da mudança. É UM GRITO DE :PAREM!!! Respeitem meu momento seja pela circustância que for. NÃO VAMOS MAIS PERMITIR QUE DIMINUAM E DEPRECIEM NOSSA DOR REAL!", escreveu.

A ex-BBB continuou o desabafo afirmando que é preciso buscar sempre a saúde emocional. "E é claro que precisamos mudar, claro que vamos nos curar, claro q vamos querer coisas novas em novas circunstâncias, mas cada um no seu tempo. Prezo pelo direito desse tempo de cada um e que sua psiquê esteja sempre em primeiro lugar. Devemos nos respeitar pare sermos respeitados e sempre no processo de busca pela saúde emocional. O canal ainda é mais que isso, as mensagens são profundas com a leveza do humor. Eu sei como é difícil "se mover" sozinho em direção à cura da depressão, da ansiedade, da distorção da própria imagem, da anorexia , da bulimia, do luto, da obesidade, da auto crítica , da não aceitação,dos traumas, dos complexos... Das enfermidades do cérebro que a sociedade, os intelectuais, grandes emissoras de TV e até muito profissionais de saúde insistem em disfarçar seu preconceito. "Borá Quebrar?"". concluiu.

Veja:

O canal "FANI QUEBRA O PADRÃO " Não é uma simples websérie autobiográfica com ficção. Trato de "SER HUMANO" onde o propósito, o sabor e a realidade da vida vai muito além de padrões perfeitos fixados nos veículos de mídia e redes sociais, onde famosos e anônimos " ostentam" apenas beleza, luxo e felicidade. O canal já é um sucesso pessoal e profissional onde desafio o sistema e mais uma vez em 10 anos de carreira "dou minha cara a tapa" (só pra variar..rs) e convido numa nova linguagem as pessoas à refletirem sobre a vida de forma crítica ao que exponho sobre mim e sobre si mesmos. O "FANI QUEBRA O PADRÃO" não fala só da aceitação dos kilos extras e de sua fase emocional por conta disso. O objetivo desse meu canal é a quebra do padrão a tudo que nos oprime. Convido a uma reflexão para que as pessoas entendam que o caminho é se respeitar , respeitar seu emocional , seu tempo e cuidar da sua mente. Precisamos ter certeza de quem somos através do autoconhecimento para que possamos nos impor ( contra esses ataques sutis e sublimares que muitas vezes acontecem na nossa própria casa) para q nos respeitem, para nos blindar dessa sociedade preconceituosa disfarçada de incentivadores da mudança/ saúde. É UM GRITO DE :PAREM!!! Respeitem meu momento seja pela circustância que for. NÃO VAMOS MAIS PERMITIR QUE DIMINUAM E DEPRECIEM NOSSA DOR REAL! E é claro que precisamos mudar, claro que vamos nos curar, claro q vamos querer coisas novas em novas circunstâncias, mas cada um no seu tempo. Prezo pelo direito desse tempo de cada um e que sua psiquê esteja sempre em primeiro lugar. Devemos nos respeitar pare sermos respeitados e sempre no processo de busca pela saúde emocional. O canal ainda é mais que isso, as mensagens são profundas com a leveza do humor. Eu sei como é difícil "se mover" sozinho em direção à cura da depressão, da ansiedade, da distorção da própria imagem, da anorexia , da bulimia, do luto, da obesidade, da auto crítica , da não aceitação,dos traumas, dos complexos... Das enfermidades do cérebro que a sociedade, os intelectuais, grandes emissoras de TV e até muito profissionais de saúde insistem em disfarçar seu preconceito. "Borá Quebrar?"

Uma publicação compartilhada por Fani Pacheco (@fanipacheco) em