Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Atualidades / DESABAFO

Antes de morrer, Walewska descobriu que marido tinha um filho: "Doeu muito"

Walewska descobriu que marido tinha um filho, revela Virna; ela contou a história na carta de despedida que deixou

CARAS Digital Publicado em 23/11/2023, às 09h15

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Antes de morrer, Walewska descobriu que marido tinha um filho: "Doeu muito" - Reprodução/ Instagram
Antes de morrer, Walewska descobriu que marido tinha um filho: "Doeu muito" - Reprodução/ Instagram

Dois meses após a morte de Walewska, uma nova revelação se tornou pública nesta semana. É que a também ex-jogadora Virna contou que ela descobriu que o marido teve um filho fora do casamento.

Como nunca foi mãe, a história teria abalado profundamente a ex-atleta. A história foi contada em uma das cartas deixadas pela campeã olímpica - ela deixou ao todo quatro textos, um deles se despedindo da amiga. 

"Foi muito duro. É triste. A Wal tirou a vida por causa do marido. Ela viveu uma relação opressiva e não conseguiu pedir ajuda. A partir do momento que o marido pediu a separação, descobriu-se que ele tinha um filho fora do casamento. Aí ela pirou. Ela estava esperando ser mãe há muito tempo. Isso doeu muito para ela. Ela respirava o marido", disse ela ao Sportbuzz.

A Polícia Civil de São Paulo ainda apura as circunstâncias da morte e não concluiu o inquérito. "Até me emociono. As pessoas ainda não sabem, mas ela deixou quatro cartas. Uma para o pai e para mãe, uma para o irmão, uma para o melhor amigo, Gustavo. E deixou uma carta para a gente. Para o Bernardinho e para a gente", declarou ela.

Em carta aberta, pais de Walewska falam sobre a morte da filha

Após a morte, dona Aparecida e seu Geraldo Oliveira, pais da ex-jogadora de vôlei Walewska Oliveira (1979 - 2023) escreveram uma carta sobre a morte da filha. A campeã olímpica com a Seleção Brasileira faleceu na última quinta-feira, 21, aos 43 anos, após cair do 17º do prédio que morava no bairro dos Jardins, em São Paulo. 

Por uma carta aberta postada no perfil do Instagram da ex-atleta, eles lamentaram a morte precoce da filha, e agradeceram as mensagens de apoio dos amigos e fãs. Além disso, eles também falaram sobre a missa de sétimo dia. 

"Foi com imenso sofrimento e pesar que nós, Geraldo e Aparecida, recebemos a notícia do falecimento precoce da nossa filha tão amada. Wal foi uma menina que nunca se afastou da sua origem, sempre humilde e cuidadosa com todos", afirmaram no começo do texto.