Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Sophia Loren

Diva celebra com o clã tributo em Hollywood

Redação Publicado em 09/05/2011, às 16h58 - Atualizado em 10/05/2011, às 01h07

Em L.A., Sophia sorri diante de uma réplica do Oscar e... - REUTERS
Em L.A., Sophia sorri diante de uma réplica do Oscar e... - REUTERS
Musa do cinema italiano, Sophia Loren (76) tornou-se em 1961 a primeira atriz a ganhar o Oscar por um papel em um filme não falado em inglês - pelo longa Duas Mulheres. Na última semana, meio século depois, a estrela voltou a ser agraciada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, em L.A., pelo feito. "O Oscar mudou a minha vida. Me ajudou a acreditar em mim e a ter coragem de me arriscar artisticamente", disse a diva, com seis décadas de carreira, que já ganhou estatueta honorária em 1991. Sophia foi prestigiada pelos filhos, Edoardo Ponti (38) e Carlo Ponti Jr. (42), com o produtor Carlo Ponti (1912-2007), com suas Sasha Alexander (37) e Andrea Mészáros. "É difícil imaginar que 50 anos se passaram desde que recebi meu Oscar em casa", lembrou ela, ausente da festa de 1961. Protagonista de longas como Casamento à Italiana, Sophia foi exaltada no palco do Samuel Goldwyn Theater por astros como Tom Hanks (54) e Billy Crystal (63). "Se você pensar positivo, talvez aquele sonho que você guarda venha se tornar realidade. Sou uma sonhadora", defendeu ela.