Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Arquivo / Joias e Acessório

Ray-Ban: sombra do piloto

Ray-Ban Aviator, os óculos dos pilotos de caça que ganharam o mundo.

Redação Publicado em 17/06/2010, às 15h58 - Atualizado às 18h33

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Ray-Ban Aviator - Reprodução
Ray-Ban Aviator - Reprodução
Quem não se lembra de Tom Cruise em Top Gun- Ases Indomáveis com seus indefectíveis óculos Ray-Ban? E a história dos óculos de sol mais clássicos de todos os tempos realmente começou nos céus dos Estados Unidos, mas muito antes de 1986, quando Cruise estrelou o filme. No começo do século 20, quando os países mais ricos passaram a investir maciçamente no desenvolvimento de aviões para fins militares, os pilotos ainda sofriam com a intensa claridade das nuvens e raios UV. Foi então que a Força Aérea dos Estados Unidos encomendou para a Bausch & Lomb uma proteção ocular para os pilotos de caça. Depois de dez anos de pesquisas- e inspirada nas primeiras máscaras criadas para pilotos de avião - a empresa apresentou os óculos Anti-Glare Aviator. Com lentes verdes de cristal especial, eles refletiam e bloqueavam um alto percentual de luz visível e também os raios ultravioleta e infravermelho. Ganharam o apelido de "sombra do piloto". Mas foi somente em 1937 que a novidade recebeu o nome de Ray-Ban e começou a ser comercializada em sua versão civil, batizada de Ray-Ban Aviator e com lentes verde-escuras e armação dourada. O nome é uma abreviação da expressão em inglês Ray-Banner, que significa proteção contra a incidência de raios UV. Hoje, o modelo conta com diversas releituras e agrada a todos os estilos, idades e nacionalidades.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!