Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Abertura de 'X-Men' é a menor da franquia

‘X-Men: Primeira Classe’, novo filme da franquia de super-herói, conquistou o pódium das bilheterias norte-americanas. Mesmo assim, arrecadou pouco em relação aos outros títulos da saga

Redação Publicado em 05/06/2011, às 15h48 - Atualizado às 16h18

Hugh Jackman - Getty Images
Hugh Jackman - Getty Images
Estreia, aguardadíssima, desta semana nos cinemas, o filme X-Men: Primeira Classe teve modesta abertura. Embora tenha conquistado o primeiro lugar das bilheterias norte-americanas no final de semana, arrecadou pouco com relação a outros filmes de super-herói que trazem o personagem Wolverine (vivido pelo ator Hugh Jackman). Com o montante de US$ 56 milhões (vale ressaltar que o filme custou US$ 160 milhões aos estúdios), a nova aventura da franquia se equipara ao filme original, X-Men, lançado em 2000, tendo arrecado US$ 54,5 milhões em sua abertura, mas isso há 10 anos. Em 2006, X-Men: O Confronto Final somou US$ 105,8 milhões somente em sua estreia. Mesmo X-Men Origens: Wolvelrine, de 2009, conseguiu acumular US$ 85,1 milhões em seu final de semana de abertura. Mesmo arrecadando pouco, X-Men: Primeira Classe segue no podium concorrido das bilheterias dos Estados Unidos. Logo atrás, vem a sequência do sucesso Se Beber Não Case que, em seu segundo final de semana em cartaz teve uma queda de 27% (já tendo acumulado US$ 186,8 milhões nas bilheterias nacionais) e Kung Fu Panda 2 em terceiro lugar. A animação, que conta com vozes dos atores Angelina Jolie, Jack Black e Dustin Hoffman conseguiu ultrapassar a marca de US $ 100 milhões de espectadores.