Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Morre escritor argentino Ernesto Sábato

O escritor argentino Ernesto Sábato morreu aos 99 anos em sua casa

Redação Publicado em 30/04/2011, às 11h56 - Atualizado às 11h57

Ernesto Sábato - Reprodução
Ernesto Sábato - Reprodução
O escritor argentino Ernesto Sábato morreu no sábado, 29, aos 99 anos, em sua casa na cidade de Santos Lugares, nos arredores de Buenos Aires. Sábato já apresentava um estado crítico de saúde e, há duas semanas, teve uma bronquite, o que complicou seu quadro clínico. Ícone da literatura argentina, Sábato é autor de obras como Sobre Heróis e Tumbas, Abadon, o Exterminador e O Túnel. A pedido do presidente Raúl Alfonsín, Sábato presidiu, entre os anos de 1983 e 1984, a Conadep (Comissão Nacional sobre Desaparecimento de Pessoas), cuja investigação, divulgada na obra chamada Nunca Mais, abriu as portas para o julgamento de militares da época da ditadura militar na Argentina. Sua última obra publicada foi Espanha nos Diários da Minha Velhice, de 2004.