Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Moda: Ready to wear spring 2013: Balmain

Por opostos que atraem.

Redação Publicado em 05/02/2013, às 18h36 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Silhuetas inspiradas em elementos esportivos pautam uma nova maneira de representar o luxo. - Marcio Madeira
Silhuetas inspiradas em elementos esportivos pautam uma nova maneira de representar o luxo. - Marcio Madeira

Passar despercebida é algo difícil de acontecer com mulheres que vivenciam a atmosfera Balmain. Conhecida por ser uma das precursoras da atual onda de opulência que tomou conta de modelitos mundo afora — repleta de bordados e tecidos ricamente trabalhados —, a marca destaca agora as modelagens. Calças que se revezam entre a conhecida skinny e a antiga proposta de cintura alta com pregas são as peças-chave da coleção. Dois opostos que atraem diferentes opções para as partes de cima. No primeiro caso, evidenciam-se os ombros largos nos casacos de cintura marcada e decotes profundos. Já para os modelos amplos nos quadris se pede muita barriguinha de fora — nada vulgarizada graças à cintura alta — dos tops de alças estrategicamente largas. Elementos esportivos também fazem parte das escolhas do jovem designer francês Olivier Rousteing para este verão. Começando pelas clássicas propostas dos jeans sem lavagem em looks da cabeça aos pés. Os próprios ombros bem marcados são características tiradas de referências do visual sportswear, mais especificamente nas jaquetas que lembram aquelas de universidades norte-americanas da década de 1990, sabe? Brincos enormes tipo argola chegam para substituir os maxicolares como acessório hit e ajudam a frisar o clima de casualidade. E, por falar em hits, listras e quadriculados marcam presença no visual preto e branco. Finalizando tudo isso, tramas e pedraria se misturam e criam desenhos no melhor estilo cadeira-de-palha-de-luxo. Afinal de contas, o interessante dos opostos está em sua improbabilidade. Por aqui eles não apenas são prováveis, como também são possíveis.