Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

MARIA CÂNDIDA FAZ ENTREVISTAS COM GRANDES ASTROS MUNDIAIS

Ela sabatina Leo Dicaprio, Kate Winslet, Sigourney Weaver, Dustin Hoffman, Emma Watson e Matthew Broderick nos EUA

Redação Publicado em 17/12/2008, às 19h35 - Atualizado em 18/12/2008, às 14h12

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Maria Cândida com o Leonardo DiCaprio
Maria Cândida com o Leonardo DiCaprio
Buscando novidades para seu programa, Maria Cândida (37) passou uma semana entre Nova York e Los Angeles. A apresentadora do Programa da Tarde, da Rede Record, fez entrevistas com grandes astros do cinema e reuniuse com produtores de conteúdo de cinema e TV, para a atração, que a partir de 19 de janeiro será exibida em novo formato. Em entrevista exclusiva, Maria Cândida, que deixou a filha, Lara (3), sob os cuidados do marido, o empresário Oscar Ungarelli (33), conta como foi seu encontro com Kate Winslet (33), Leonardo DiCaprio (36), Dustin Hoffman (71), Emma Watson (18), Sigourney Weaver (59) e Matthew Broderick (46). - Qual foi o objetivo principal da viagem aos EUA? - Fui para Nova York entrevistar o Leonardo e a Kate, que contracenam no filme Apenas um Sonho, o grande reencontro deles 11 anos depois de Titanic. Depois, voei para Los Angeles e entrevistei o Dustin, a Sigourney, o Matthew e a Emma, que emprestam suas vozes à animação O Corajoso Ratinho Despereaux. Aproveitei para rever alguns amigos que trabalham nos estúdios da Fox, Sony e Universal e tomei um café com o Will Smith, que está lançando o filme Seven Pounds. As entrevistas vão ao no meu programa, que virá no próximo mês em um formato totalmente inovador, e em diversas outras atrações da Record. Fiz muita pesquisa de mercado, algumas reuniões com produtores de conteúdo para TV e cinema, para me atualizar e talvez até produzir algo novo. - Como foi esse reencontro da Kate com o Leonardo DiCaprio? - Foi a Kate quem convidou o Leo para atuar no filme, eles fizeram essa escolha com muita cautela para não ficarem estereotipados. Ela está muito ansiosa com o Oscar, mas é uma grande atriz e eu aposto nela como ganhadora. O Leo também é ótimo, são poucos os atores jovens tão versáteis e competentes. Ele está se tornando um dos nomes mais respeitados de Hollywood, é um cara reservado, aparentemente sério, apesar da pouca idade. Ele me contou que um dos lugares mais maravilhosos que conheceu é a Amazônia. - E em Los Angeles, como foram as entrevistas? - A Emma eu conheço desde menininha, quando começou a brilhar em Harry Potter. Ela é uma gracinha e agora está virando um ícone fashion entre as adolescentes. É uma moça cheia de charme, que combina peças de grifes famosas como Prada, Kenzo, Dolce & Gabanna com roupas de marcas ainda não conhecidas. Já Matthew era meu ídolo na adolescência e, como hoje sou muito fã de sua esposa, a Sarah Jessica Parker, não podia deixar de levar um presentinho para ela: uma camisa linda, da Francine Martins. Mathew não se chateou. Disse estar acostumado a receber mimos para a mulher. Com a Sigourney Weaver a conversa teve outro rumo, falamos sobre o trabalho dela no Human Rights First, uma instituição que defende os direitos humanos da qual ela é embaixadora há mais de 12 anos. - Qual foi o momento mais marcante da viagem? - O encontro com o Dustin Hoffman foi maravilhoso! Eu estava com receio de enfrentar uma estrela daquelas bem afetadas, mas tive uma grata surpresa. O Dustin é um homem humilde, carismático e divertidamente irônico. Deu para sentir que parte da sua grandeza vem da simplicidade, o que é inusitado vindo de um ator que foi sete vezes indicado ao Oscar e levou duas estatuetas para casa, por Kramer vs. Kramer e Rain Man. Ele me falou em particular que se sente envergonhado de nunca ter vindo ao Brasil, então me comprometi a recebê-lo ano que vem. Quero levá- lo ao Pantanal, à Amazônia e ao Corcovado. Fiquei contente porque senti que conquistei mais um amigo. Essa viagem foi ímpar, só entrevistei estrelas interessantes e bacanas, que oferecem um conteúdo que transcende a fama.