Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

DEBORAH COLKER

BALÉ CRUEL GANHA APLAUSOS

Redação Publicado em 07/05/2008, às 17h11

No Municipal, Rio, a coreógrafa entre Gringo, Berna e Samuel, responsáveis pela montagem de Cruel. - Cristina Granato
No Municipal, Rio, a coreógrafa entre Gringo, Berna e Samuel, responsáveis pela montagem de Cruel. - Cristina Granato
Coreógrafa e bailarina reconhecida internacionalmente, Deborah Colker (47) desfalca no palco as apresentações da companhia de dança contemporânea que leva seu nome. Desta vez, ela está apenas no comando dos 17 bailarinos de Cruel, que fala sobre a dor das relações amorosas, apresentado no Theatro Municipal do Rio. Deborah também se cercou de um time de peso para garantir o sucesso do espetáculo: Gringo Cardia (50), na direção de arte; Berna Ceppas, na direção musical; e Samuel Cirnansck, nos figurinos. Mesmo sem a bailarina e coreógrafa - que foi convocada pelo Cirque du Soleil para dirigir, em 2009, uma montagem em comemoração aos 25 anos do grupo canadense -, a Companhia de Dança Deborah Colker brilhou na encenação carioca. É o nono espetáculo do grupo, ensaiado por dois anos. Na platéia, Betty Faria (67), também bailarina, e Marieta Severo (61), que foi com a caçula, Luísa Buarque (32). Grávida de oito meses da segunda filha, ela dará o sexto neto - a quinta menina - aos avós famosos, Marieta e Chico Buarque (63).