Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Na Disney, Marcelo Serrado apresenta os gêmeos

A emoção dele e de Roberta com a primeira vez dos seus gêmeos na Disney

CARAS Publicado em 07/04/2015, às 16h06 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O ator e a mulher com Felipe e Guilherme diante do Castelo da Cinderela. - GREGG NEWTON
O ator e a mulher com Felipe e Guilherme diante do Castelo da Cinderela. - GREGG NEWTON

Da primeira viagem aos parques da Walt Disney World, em Orlando, dos gêmeos Guilherme e Felipe, que completam 2 anos nesta quinta-feira, 9, quem nunca vai se esquecer é o pai dos meninos, Marcelo Serrado (48). O ator ficou emocionado ao ver a alegria dos filhos, do casamento com Roberta Fernandes (29), nos passeios e encontros com os famosos personagens. “Ver a carinha deles diante do Mickey foi sensacional. Não acreditavam! Foi do que mais gostaram. Você se diverte só por conta da reação do seu filho”, destacou Marcelo.

“O pessoal da Disney nos recebeu com muito carinho. No Magic Kingdom tem um setor voltado para crianças pequenas, bem bacana”, completou ele, referindo-se à maior expansão do parque, a New Fantasyland, inaugurada em 2014, e onde estão as atrações Dumbo the Flying Elep hant e Mad Tea Party, nas quais a família se divertiu.

No passeio, os meninos estavam usando roupinhas iguais. “Não existe regra em relação a isso. Em geral, são vestidos de forma diferente, mas, às vezes, Roberta prefere colocar neles roupas iguais”, explicou o ator, sobre a mulher, que  é assistente de coreografia da comédia musical Barbaridade, com Susana Vieira (72), que está em cartaz no Rio.

Fã do universo Disney, Marcelo já levou duas vezes a primogênita, Catarina (10), da união com a atriz Rafaela Mandelli (35), aos parques. “De todos esses personagens que vejo aqui, o Pluto é o meu predileto. Adoro!”, contou ele, que já faz planos para voltar a se divertir no local, no início de 2016, com os três filhos juntos.

Acha que paternidade trouxe mais alegria à sua vida?
Com certeza. Filho é uma maneira de se ver no outro. Quando você não é pai, a sensação é de finitude. Com filhos, é de infinito. De certa maneira, são uma continuação nossa, um pouco de você  está neles. O que acho mais interessante é o acaso, encontrar uma pessoa e, de repente, ter um filho com ela. Se não conhecesse Roberta, Felipe e Guilherme não existiriam e a vida seria outra.

O que a chegada dos meninos acrescentou ao casal?
Só nos uniu mais. Eu e Roberta somos muito parceiros. Ela é uma mãe espetacular, de tirar o chapéu. É bacana ver o amor e a dedicação que tem aos filhos.

Vocês torciam por gêmeos?
Ela tinha essa vontade, eu não esperava, tomei um susto. Mas fiquei feliz. Deus mandou, vamos abraçar com amor e carinho.

E como você consegue distinguir os meninos?
A bochecha do Felipe é um pouco mais gordinha.

A criação deles é muito diferente da de Catarina?
Menina é mais delicada, gosta de boneca. E menino tem outra vibração, quer jogar bola, bater. Eles me apresentaram esse lado masculino da criação que eu não conhecia. Aliás, só me trouxeram coisas boas, são meninos de ouro. Os dois são bem diferentes. Guilherme é mais tranquilo, carinhoso, amigo, está sempre querendo fazer um carinho. Eu sou assim. Já o Felipe é mais agitado e tem um lado meu de desejar tudo para ontem, na hora dele. Fisicamente, Roberta os acha parecidos com ela. Para mim, eles são uma salada, uma mistura nossa.

Você é um pai careta?
Sou supertranquilo, liberal e bem presente. Com Catarina, também. Viajo muito a trabalho, então, quando posso, gosto de estar com a família, perto das crianças. Eu brinco, jogo bola, caio na piscina, levo para passear.

Catarina ajuda com eles?
Sim, é apaixonada pelos irmãos, adora ficar ao lado deles. Aliás, Catarina está linda.

Você deseja ter mais filhos?
Fechei a fábrica. A vida é cara e corrida. É loucura ter mais do que três, você não dá conta. Estou feliz do jeito que já está.

Já pensou em diminuir o ritmo de trabalho para dedicar mais tempo às crianças?
Com três filhos não tem como fazer isso. Pelo contrário, tenho que trabalhar mais ainda. E a vida do artista é isso, viajar com peça, rodar filme, gravar novela. Não dá para escapar.

Atualmente, você está muito atarefado profissionalmente?
Estou com um quadro no Vídeo Show que se chama 'Me Engana que eu Gosto'. A estreia foi na última terça-feira, dia 7. É uma grande brincadeira que faço com grandes ícones da TV, personagens que marcaram como Sassá Mutema, de O Salvador da Pátria, e Nazaré Tedesco, de Senhora do Destino. Encerro este mês a temporada da peça É o Que Temos Pra Hoje. E devo participar de uma novela no segundo semestre e de um programa de humor, A Casa Caiu, que irá ao ar, aos domingos, após o Fantástico. Gravamos um piloto e está bem divertido.

E a proximidade com a meia-idade não o assusta?
Não. Me sinto muito bem fisicamente, cada vez melhor, fazendo exercícios, cuidando de mim. Jogo tênis, futevôlei e pratico stand up paddle. Cada vez mais as pessoas falam que não envelheço.