Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Eleita Miss Brasil, Monalysa Alcântara revela planos para o futuro

Em Santos, a primeira Miss Brasil originária do Piauí demonstra seu empenho em defender as causas minoritárias

Redação Publicado em 08/03/2018, às 16h31 - Atualizado às 16h32

Monalysa Alcântara - ROGÉRIO PALATTA
Monalysa Alcântara - ROGÉRIO PALATTA

Ser eleita a mulher mais bonita do País é para poucas. Mais precisamente, uma honra conquistada por 63 brasileiras até hoje. Em 2017, a piauiense Monalysa Alcântara (19) foi coroada Miss Brasil, sendo a primeira de seu estado a ganhar o título. Chegando a figurar entre as top 10 do concurso Miss Universo 2017, a bela de 1m77 e 57kg ganhou projeção internacional. “Tenho muitos planos para quando passar a coroa. Desde voltar às passarelas até retomar minhas aulas de teatro, uma arte pela qual me apaixonei”, conta Monalysa, durante visita a Santos, no litoral paulista.

Nascida em Teresina, “a única capital do Nordeste que não tem praia”, a jovem se encantou pelas ondas santistas, aventurando-se nas pedras para chegar mais perto do mar. Aliás, coragem não falta à miss, especialmente para defender as causas nas quais acredita. “Qualquer coisa que eu decida fazer, sempre terei em mente ajudar os jovens, em especial os negros, e empoderar as mulheres”, afirma ela, há dois anos em um relacionamento com o empresário piauiense Emídio Fernandes (37). “Ele é meu maior fã. Chegou para somar, me apoiando e respeitando diariamente.”