Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Coragem e equilíbrio de Marcos Pitombo

Solteiro, galã foca as energias em seu ofício e faz brinde às suas conquistas na TV

CARAS Publicado em 11/07/2016, às 08h02

Em Florianópolis, SC, o ator relaxa no Costão do Santinho Resort, Golf & Spa, e lê poesias de Fernando Pessoa. - FERNANDO WILLADINO
Em Florianópolis, SC, o ator relaxa no Costão do Santinho Resort, Golf & Spa, e lê poesias de Fernando Pessoa. - FERNANDO WILLADINO

Ousadia e força de vontade são características que se sobressaem à personalidade de Marcos Pitombo (34). Dono do título de galã e de um currículo que já soma mais de 15 anos de carreira, o ator nunca se abateu diante das dificuldades da profissão. Pelo contrário, as transformou em motivação para seguir em frente. “Viver de arte neste País é bem complicado, pois é um mercado instável. O grande público imagina aquela vida de glamour e a realidade não é assim, mas é a profissão que escolhi para minha vida, é minha paixão”, destaca ele, que chegou a abandonar o curso de Odontologia para se render ao ofício. “Quando troquei a faculdade pelo teatro, não tinha nada certo. Foi preciso coragem e dei o melhor de mim”, emenda ele, no ar com a global das 7, Haja Coração. “Tenho uma vontade muito grande de me comunicar e contar histórias. Acho que essa magia de conseguir passar uma mensagem ou um sentimento é o que me move. Quando o diretor fala ‘gravando’ é o momento em que me sinto pleno”, explica.

Fã da natureza, o carioca tirou folga das gravações para curtir fim de semana de aventura e relax no Costão do Santinho Resort, Golf & Spa, na capital catarinense, Florianópolis. “O contato com a natureza me traz calma e tranquilidade”, aponta o ator, que aproveitou o descanso para colocar a leitura em dia, pescar, fazer aulas de pilates e se arriscar no slackline. “Gosto de esportes e sempre procurei seguir uma alimentação saudável. Quando comecei a trabalhar na televisão, até busquei ajuda de um nutricionista”, explica o carioca, acostumado a arrancar suspiros por onde passa. “Fico lisonjeado com o carinho que recebo. Na época em que fiz Malhação eu tinha um público adolescente, mais apaixonado e intenso. Hoje, o público é mais abrangente, mas é sempre gratificante este reconhecimento”, admite ele, que segue solteiro. “Estou sossegado, feliz e focado no meu trabalho”, assegura. E, para quem quiser conquistar seu coração, ele dá algumas valiosas dicas. “Bom humor é fundamental, pois torna a vida mais leve. Beleza é algo que passa, mas admiração tem de ter sempre.”

Vaidade? Só mesmo no trabalho. “Tenho preocupação de fazer meu personagem da melhor forma possível. Seria um prazer engordar, cortar o cabelo e, se tiver de ficar feio, ficar feio! Tudo isso também é um desafio para o ator”, garante o geminiano. Sonhador, característica evidenciada por seu signo, Pitombo descreve com clareza e confiança os caminhos que pretende seguir. “Quero conseguir me manter na profissão por muito tempo, até poder fazer papéis de vovô. Acredito que o melhor personagem sempre é o próximo”, frisa. Seu futuro, no entanto, não deve ficar limitado às artes. O galã planeja dividir as atenções com outra grande paixão: a agricultura de alimentos orgânicos. “Tenho alguns amigos agricultores e, aos poucos, fui conhecendo essa atividade que, além de importante, é muito bonita. Tenho planos de começar a plantar”, adianta ele, que promete cultivar esse desejo com a mesma dedicação e empenho com as quais conduz a sua carreira artística.