TV Raízes

Kaysar emociona com testemunho para agência de refugiados da ONU: ''Eu nunca me esqueço''

segunda 2 dezembro, 2019
Kaysar compartilha relato emocionante sobre sua experiência durante a guerra na Síria
Kaysar compartilha relato emocionante sobre sua experiência durante a guerra na Síria Instagram


Kaysar compartilha relato emocionante sobre sua experiência durante a guerra na Síria

Existem vivências que jamais pode ser apagadas. O ator sírio Kaysar Dadour teve de conviver com a guerra em sua terra natal, compartilhando com a ACNUR, agência da ONU especializada em refugiados, um testemunho emocionante em que contou sobre suas experiências pessoais dos momentos trágicos que vivenciou antes de vir ao Brasil no ano 2014.

''Quando me perguntam se eu sinto falta da Síria, eu automaticamente sou transportado para lá. Sinto muita falta de Alepo. Sinto falta do cheiro da minha cidade, do cheiro da minha escola. Sinto falta do sorriso dos meus amigos. Sinto falta de cada pedaço do que eu tinha lá. Todos os sírios que passaram pela guerra vão te contar uma história diferente. Essa é a minha'', começou ele. ''Alepo era uma cidade linda. Lá você encontrava tudo que quisesse. Ninguém dormia com fome, pois não faltava pão na mesa de ninguém''.

O ator aproveitou para falar sobre a vida antes da guerra. ''Eu era um escoteiro que viajava dentro do meu próprio país para explorar a natureza. Antes da guerra, eu era apenas um estudante bagunceiro com uma rotina comum, e que jogava futebol três vezes por semana com os amigos e disputava partidas de gamão. De repente, tudo mudou'', contou, explicando como aquele havia cenário mudado drasticamente. ''A guerra simplesmente chegou e eu não conseguia entender o porquê daquilo estar acontecendo na minha cidade, no meu país. Todo mundo achou que os conflitos eram algo temporário, que não iriam durar muito. Chegamos a pensar que em uma semana tudo estaria resolvido. Mas na verdade, não vemos sinal de paz mesmo depois de quase nove anos''.

''Confesso que depois de todo esse tempo, minhas memórias se confundem quando tento lembrar da Síria durante a guerra. Mas da dor e da tristeza eu nunca me esqueço. Não é fácil ver um irmão matando outro irmão, ver vizinhos brigando na rua. Pessoas próximas a mim foram vítimas de uma guerra que eu ainda não entendo'', afirmou ele, referindo-se as tantas vítimas inocentes do terrível combate.

''Para sobreviver, eu deixei a Síria e fui para a Ucrânia. Eu estava só e não conhecia ninguém. Ralei demais. Pensei em desistir, mas voltar para a Síria não era uma opção. Ou a guerra te mata, ou te deixa deprimido ou te faz buscar forças para superar tudo e seguir em frente. Eu segui o último caminho, mas nem todo mundo tem a mesma sorte. Sou muito grato a todas as dificuldades que passei porque foi depois de vencer cada uma delas que eu cheguei onde estou agora'', declarou Kaysar, falando também sobre a oportunidade que o Brasil deu para que ele recomeçasse sua vida.

''Meu coração está pra sempre dividido ao meio, metade é da Síria e metade é do Brasil. A Síria é o lugar de onde eu vim. O Brasil é o lugar onde tive a oportunidade de retomar a vida que fui obrigado a deixar para trás. Todos os dias eu luto pra ser feliz. Não desisto, não desanimo. Eu continuo firme, porque depois de tudo que passei, sei que o melhor dia do mundo é o hoje'', finalizou ele, orgulhando-se de sua história emocionante.

 

 

 

 

por CARAS Digital
Atualizado segunda 2 dezembro, 2019 (336846)

Mais conteúdo sobre:

ASSINE E GANHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS