tv após ter covid

Carla Cecato revela projetos e abre o jogo sobre demissão da Record: ''Foi um choque''

A jornalista, que apresentava o 'Fala Brasil' aos finais de semana, revela seus planos profissionais depois de ter ficado muito chateada com a emissora

Tabatha Maia Publicado terça 18 maio, 2021

A jornalista, que apresentava o 'Fala Brasil' aos finais de semana, revela seus planos profissionais depois de ter ficado muito chateada com a emissora
Carla Cecato abre o jogo sobre sua demissão da Record - Reprodução/Instagram

"Foi um choque". É dessa forma que a jornalista Carla Cecato (42) define sua demissão da RecordTV após 16 anos.

Dois dias após a repercussão de sua saída, a apresentadora, que comandava o telejornal matutino Fala Brasil aos finais de semana, conversou com a CARAS Digital sobre os últimos acontecimentos. Ela também adiantou os seus projetos futuros, garantindo que irá usar e abusar da internet para se manter próxima do público que tanto a apoiou nesse difícil momento. 

"Foi um choque! Eu tinha uma reportagem marcada às 14h e, na véspera, eu recebi um WhatsApp dizendo que eu iria ter uma reunião na Record, às 15h. Aí eu falei: 'gente, mas não dá porque eu tenho uma reportagem às 14h", relembrou ela, explicando que teve que atender o pedido: "A não, a gente altera então o horário da reportagem porque a conversa vai ser rápida", emendou. 

Carla, então, revelou que veio o aviso de sua demissão: "Quando eu fui para a reunião, foi super rápido. Eles agradeceram a parceira de tantos anos, a minha dedicação, relembraram minhas passagens pelas Olimpíadas, eu cobri duas Olimpíadas. Todo o sucesso, tudo que eu tinha contribuído e ajudado a Record, enfim, mas que não ia precisar mais dispor da parceria. Eu fiquei assim né [...], você fica mais emocionada pelas pessoas, você fica meio em estado de choque na hora, mas o que pesou mais ali para mim foi a falta que algumas pessoas iriam me fazer", explicou. 

"Quando você tem 16 anos de emissora, você construiu uma vida lá. Quando eu entrei, eu não era casada, não tinha filho, eu tinha 27 anos. Agora, eu tenho 12 de casada, ou seja, muita gente lá foi no meu casamento, muita gente lá viu meu filho nascer, meu filho tem dez anos. Então, é quase um divórcio mesmo, você tem ligações emocionais e psicológicas com a empresa. E, assim, eu não pude nem me despedir né, você pega e sai. Pega suas coisas do armário, vai para o estacionamento e tchau", disse ela, que comandava o jornalístico desde 2009. 

Questionada sobre o famoso e-mail que repercutiu na web, Carla explicou que não teve acesso ao conteúdo: "Eu acho que eles mandaram um e-mail e um 'zap' me chamando para essa reunião, mas o e-mail eu nem cheguei a abrir porque eu estava em casa e, como eu ia entrar às 14h na emissora, eu não tinha aberto ainda meu e-mail, que fica lá. Então, depois eu soube que me mandaram um e-mail também, mas como eu não estava na sede, eu recebi um WhatsApp. Depois, quando eu fui tentar ver esse tal e-mail, que ficou famoso, eu já não tinha mais acesso à rede. Mas assim, foi basicamente isso: me avisaram que eu ia ter uma reunião lá e eu fui para reunião, e, em cinco minutos, acabou."

Com a ficha caindo, Carla tentou explicar como foi acordar e não ter um dia planejado: "Hoje eu acordei muito mal. Imagina, segunda-feira [...] meu Deus, não tenho uma programação para semana. Toda semana, eu fazia reportagem e já me preparava para o jornal. É uma vida nova que vai começar, mas dá um frio na barriga."

APOIO DO PÚBLICO

Após sua saída, Carla foi inundada por uma "chuva" de amor e carinho em suas redes sociais. Sobre o assunto, a jornalista falou que não imaginava nada disso: "Eu tive muito apoio, eu não imaginava. Em dois dias, eu ganhei 50 mil seguidores... É uma coisa absurda, todo mundo meio que se engajou comigo, sabe?! Sentiu a minha dor [...], eu não sabia que eu tinha esse apoio do público tão forte. A TV te deixa muito distante do telespectador, você não tem contato com o telespectador".

PLANOS 

Carla adiantou como pretende usar o seu Instagram após ganhar esse grande número de seguidores: "Eu postava coisas minhas, da minha família, mas mais coisa minha. Agora, eu quero sentir qual é o nicho que eu vou pegar. Acho que eu vou falar mais para as mulheres, que é o que eu amo, e para as mães, donas de casa. Eu não sou de família rica, meu pai morreu quando eu era muito pequena e minha mãe não tem grana. Eu sustento a minha mãe até hoje, então, eu tenho que batalhar para ter minhas coisas. Eu quero me comunicar com as mulheres que se identificam comigo, que lutam para cuidar da casa, dos filhos." 

E continuou: "Eu quero buscar coisas na internet, não tenho mais esse sonho em televisão, não está nos meus planos", revelou. Sobre o seu canal no YouTube, Carla Cecato, que conta com 3,89 mil inscritos, disse que pretende retomar o conteúdo: "Eu era proibida. Eu não posso ter canal no YouTube se eu tiver contrato com a Record, porque eles têm meu direito de imagem e voz", explicou. 

"Eu quero, eu acho que o futuro [...] pode até ser TV, mas em parceria com internet. Não vai mais existir essa coisa de 'fulano da TV tal'. Vai ser o fulano, que tem um canal no YouTube, conteúdo no Instagram e que faz uma participação na TV, é isso que eu quero: poder ter os meus canais de internet e fazer alguma coisa na televisão, não mais exclusividade", encerrou. 

CARREIRA

No bate-papo, Carla também relembrou alguns momentos marcantes que teve na Record ao longo dos 16 anos: "Eu cobri as Olimpíadas de 2008 na China e de 2016 no Rio de Janeiro. Fui correspondente em Londres. Cobri muitos tiroteios como repórter no Rio de Janeiro, de ficar embaixo de tiro na Rocinha. Entrevistei pessoas incríveis, já estive ao lado dos maiores nomes da TV brasileira, Gugu Liberato, Xuxa Meneghel, o próprio Rodrigo Faro, que me tirou no último amigo oculto. A gente ficou três anos em primeiro lugar com o 'Fala Brasil', foi o primeiro programa que ficou tanto tempo em primeiro lugar ou empatado com a Globo, ou passando a Globo. Então, eu tenho muitos marcos na Record, de liderança e sucesso no trabalho, claro que não é só meu, da equipe toda."

Nós, da Caras Digital, desejamos todo o sucesso à Carla Cecato!

Último acesso: 23 Jun 2021 - 08:22:30 (389225).

Leia também

TV CARAS