Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Revista / DNA brasileiro

Alma verde e amarela de Emilia Pedersen

Artista exalta a paixão pelo Brasil e festeja formatura virtual em NY

Tamara Gaspar Publicado em 12/06/2020, às 12h00 - Atualizado às 16h11

Emilia se forma e enche os pais, Jesper e Claudia, o irmão, William, e a pet Tiffany de orgulho, em NY - Getty Images
Emilia se forma e enche os pais, Jesper e Claudia, o irmão, William, e a pet Tiffany de orgulho, em NY - Getty Images

A essência verde e amarela de Emilia Pedersen (18) é inquestionável. Dona de múltiplos talentos — ela é atriz, cantora, modelo e influencer —, a dinamarquesa é radicada em Nova York, nos EUA, e tem DNA brasileiro, já que sua mãe, Claudia (42), é de Londrina, no Paraná. “Amo a cultura brasileira, as pessoas são simpáticas, comunicativas... Também amo a música, gosto do ritmo, é tudo muito alegre”, disse ela, com o português na ponta da língua. “Eu também adoro arroz, feijão, picanha e salada: é a combinação perfeita! E adoro frutas, como a manga”, frisou a jovem, que acaba de se formar no High School – Homeschooling, equivalente ao Ensino Médio. Por conta da Covid-19, Emilia não teve a tradicional festa de formatura, mas não deixou de celebrar a conclusão de mais uma etapa dos estudos ao lado da mãe, do pai, Jesper (49), do irmão, William (24), e da pet da família, Tiffany (1). De quebra, ela e os colegas de classe ganharam felicitações de personalidades como a ex-primeira-dama norte-americana Michelle Obama (56) e a estrela da música Beyoncé (38). “Vimos que, juntos, os nossos corações, quando colocados em uma ação positiva, podem iniciar a roda da mudança. A mudança de verdade começa com vocês, com essa nova geração de formandos”, discursou a cantora. “Foi emocionante receber essas mensagens, afinal, nós estudamos tantos anos para chegar aqui! Eu me senti abraçada não apenas por eles, mas por todos no país. Por causa do vírus, não celebramos juntos, mas o importante foi estar com a família e saber que estamos todos com saúde”, ponderou ela, ícone internacional.

Dedicada, Emilia estuda música e atuação desde criança. Já atuou no longa Diários de Intercâmbio e no documentário Influencer. Além de soltar a voz, gosta de compor. Seu mais recente hit é o Turn It Up. “Em breve, vou lançar algumas músicas novas que fiz com alguns artistas brasileiros”, adiantou ela, que pretende continuar estudando e conciliando suas grandes paixões. “Eu quero seguir cantando e atuando. Gosto do teatro, de estar diante das câmeras, gosto de fazer shows, estar no palco e compor”, assegurou a artista, que também planeja lançar uma coleção de roupas com sua assinatura. No universo fashion, aliás, ela também brilha. Já abriu o desfile de Amir Slama (53) no SPFW.

Cidadã do mundo, Emilia já visitou mais de 65 países. Fala português, dinamarquês, inglês e espanhol, e tem estudado francês. Apesar da pouca idade, é envolvida em causas sociais. Em sua formatura, por exemplo, dispensou o tradicional presente dado pelos pais por um gesto solidário. “Com a crise causada pela pandemia, pedi para ajudar as costureiras do Nordeste do Brasil”, contou ela. Por falar em Brasil, a jovem não pensa duas vezes ao afirmar que o País é sua segunda casa. “Eu tenho vontade
de morar no Brasil, mas já vou tantas vezes durante o ano que é como se já morasse lá
”, avisou. Outra paixão é o carnaval: “Eu amei!”, exaltou a jovem, que, em 2015, foi eleita Miss Brasil Teen USA.

Por trás do olhar doce e da voz delicada, se esconde uma menina madura. “Tenho meu carro, minhas responsabilidades, pago minhas contas, mas não tenho aquela pressa de ser adulta, ainda me sinto menina. Gosto de estar com minha família, com minha mãe, brincar com meu cachorro, sair com os amigos para jogar boliche e tomar sorvete, não tenho pressa.” Quando questionada sobre o coração, Emilia também se mostra tranquila. “Eu nunca namorei. Namoro é uma coisa séria e nunca me envolvi, a pessoa certa ainda não chegou! Estou focada nos estudos e no trabalho”, garantiu a artista.