Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Lady Gaga defende a cantora Katy Perry de acusações sobre racismo

Lady Gaga diz que as pessoas são 'sensíveis demais' e deveriam deixar Katy Perry 'em paz', após performance considerada racista no American Music Awards

CARAS Online Publicado em 28/11/2013, às 10h22 - Atualizado em 24/03/2020, às 16h07

Katy Perry - GettyImages
Katy Perry - GettyImages

Apesar da disputa nas rádios, Lady Gaga e Katy Perry sempre desmentiram qualquer inimizade entre elas. E foi justamente a ‘mother monster’ que saiu em defesa da dona do hit Roar sobre as acusações de racismo que ela recebeu após sua apresentação no American Music Awards.

Katy Perry cantou a música Unconditionally vestida de gueixa no AMA 2013, o que fez com que alguns veículos da imprensa americana acusassem a cantora de se apropriar da cultura japonesa e se basear em estereótipos durante a performance.

Ao ser questionada em um programa de rádio, Gaga disse que entendeu a mensagem de Katy. “Talvez seja porque Unconditionally (Incondicionalmente) signifique que você deve amar não importa pelo quê as gueixas são pagas?”, disse.

“Acho que as pessoas, em geral, são muito sensíveis e deveriam deixá-la em paz. Mas você sabe, eu não sou a pessoa certa para você perguntar isso”, completou Gaga.

No mesmo prêmio em que Katy tentou homenagear a cultura japonesa, Gaga fez uma apresentação inspirada pelo aniversário de 50 anos do assassinato do ex-presidente americano John F. Kennedy. Assista às duas apresentações: