Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

Anitta comemora repercussão internacional por cantar na Olimpíada: "Sabia que me ajudaria"

A cantora falou que vem estudando a carreira internacional, mas sem pressa. "Tem que ter paciência"

CARAS Digital Publicado em 17/08/2016, às 14h03

Anitta - Reprodução
Anitta - Reprodução

Elogiada pela imprensa internacional por sua participação na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro ao lado deCaetano Velosoe Gilberto Gil, Anitta acredita que o evento foi um importante passo para sua carreira no exterior.

"Nunca na vida estive cantando pra tanta gente, se levar em consideração as pessoas que estavam assistindo pela televisão no mundo inteiro", disse em participação no Encontro com Fátima Bernardes nesta quarta-feira, 17. "Com certeza eu sabia que esse dia seria inesquecível, e que me ajudaria, como me ajudou, como me colocou em diversos veículos", festeja. "As matérias eram assim: 'quem é a menina que estava cantando na abertura'. Eu fiquei muito feliz com isso. Mas é óbvio que eu sei que não é isso que vai fazer minha carreira internacional, ainda tem muita coisa pra fazer", admite.

A cantora disse ainda que já vem estudando o mercado internacional há algum tempo, mas não tem pressa. "Acho que por conta do meu trabalho aqui no Brasil envolver dança, música, pop... uma coisa que fora do país as pessoas estão acostumadas a ouvir, acaba que todo mundo fica 'e aí quando vai começar sua carreira internacional?'", conta. "Há alguns anos eu vinha estudando sobre isso, a possibilidade de expandir o meu trabalho para outros países e sei que não é um trabalho fácil, tem que ter paciência, calma, não é de um dia pro outro que você vai se tornar famosa e conhecida, é um passo atrás do outro com muita calma", avalia. "Como minha carreira é grande no Brasil, as pessoas tendem a criar expectativa que de que uma hora pra outra vou ficar muito famosa, e não é assim, né?".