Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Esporte / Motivação

Jakson Follmann relembra tragédia e celebra os momentos com o filho: ''A vida é linda''

O ex-goleiro e cantor passou 56 dias no hospital após a tragédia e falou sobre ver o filho crescer

CARAS Digital Publicado em 01/09/2020, às 19h51 - Atualizado às 20h05

Jakson Follmann relembra tragédia e fala sobre o filho - Reprodução/Instagram
Jakson Follmann relembra tragédia e fala sobre o filho - Reprodução/Instagram

Jakson Follmannfoi um dos seis passageiros que sobreviveu ao trágico acidente com o avião da Chapecoense em Medellín, na Colômbia, em 2016.

O ex-goleiro teve a perna direita amputada e após ser resgatado com vida precisou ficar 56 dias no hospital para se recuperar. 
Durante uma entrevista com Serginho Groisman, para o programa Altas Horas, o vencedor do PopStar, em 2019, relembrou a tragédia e falou sobre a reabilitação. 

"Procurei trabalhar meu psicológico sabendo que perdi minha perna e ela não vai mais crescer. Achava que ia colocar uma prótese e sair caminhando. E não! Tive que reaprender caminhar, meu maior sonho era ficar em pé. Comemorei muito quando consegui colocar um calçado fechado. Tenho uma complicação grande no meu tornozelo esquerdo, só tenho 20% dos movimentos. Hoje, falo que minha perna boa é a prótese", explicou. 

Jakson também lembrou o tempo que ficou no hospital e ressaltou a importância de cuidar da parte psicológica, já que passou por um grande trauma. "Ficamos focados na minha recuperação. Fui o último sobrevivente a receber alta. Acontecem muitas coisas rápidas e, na maioria das vezes, não tive duas opções, só tive uma e tive que encarar. Foram lesões no meu corpo e meu psicológico estava muito abalado. Procurei abraçar as oportunidades, me reinventar, só sei se vai dar certo ou não se colocar o peito e fazer", afirmou. 

Ele também aproveitou para celebrar os momentos que passa ao lado do filho, Joaquim, que está com 7 meses. "Esse sorriso sempre vou levar comigo porque é a minha marca desde pequenininho. Sempre deitei sorrindo e acordei sorrindo. Vejo meu filho dando risada e acorda rindo, a vida está aí pra ser vivida. A vida é linda!".

Ainda durante o bate papo o ex-atleta contou que está investindo na carreira de cantor. "Nessa quarentena estou gravando meu EP. Estou feliz com essa nova oportunidade onde a gente quer levar músicas com o coração."

Receba notícias da CARAS Brasil no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!